Publicidade:

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Cartas a Vapor

Ambientado num Brasil distópico, onde homens e robôs movidos à vapor são comuns e grandes mistérios envolvem a Porto Alegre dos Amantes, o jogo Cartas a Vapor nada mais é do que a aplicação de mecânicas tradicionais usando elementos novos e arte linda.

No jogo temos dois lados lutando por objetivos distintos, dependendo da missão escolhida. Após dividirmos os times os jogadores precisam, através de cartas, colecionar peças para conseguir completar ferramentas que vão ajudar a cumprir as missões.

Sequências de cartas, são a alma do jogo.

A mecânica básica é muito similar ao 'mexe-mexe', você precisa ir montando sequências de cartas, quando essas sequências chegam a sexta carta, verifica-se se ela atende ao requisito da missão, caso positivo, o grupo que a completou fica com as peças, caso negativo as peças são descartadas.

As ferramentas, depois de prontas, ajudam no andamento do jogo, comprando novas cartas, usando para pegar peças dos adversários, coisas do tipo.

A missão escolhida determina o objetivo de cada time.

O Cartas a Vapor além do básico tem também as cartas de Cenários, que além de uma arte ainda mais linda que as cartinhas normais, dão um "twist" diferente as missões quando utilizadas junto e uma versão solo que serve para conhecer as regras legal.

A produção da Potato Cat ficou muito caprichada, o sucesso do Financiamento Coletivo, que arrecadou quase 150% da meta inicial, foi muito bem aproveitado e trouxe para o mercado um jogo divertido, de qualidade e que merece uma olhada com mais cuidado pelos jogadores.

Muitas e muitas cartinhas num jogo bacana.

Nenhum comentário: