Publicidade:

segunda-feira, 13 de março de 2017

Tsukiji


Em Tsukiji somos donos de restaurante indo ao grande mercado de peixes para tentar pegar os melhores lotes e assim ter o maior lucro na hora de vender essas iguarias aos seus clientes.

O jogo acontece em sete rodadas, em cada rodadas abrimos uma quantidade de lotes, cada lote desses é formado por três cartas, onde a sua maioria são peixes, mas o pessoal da Yakuza também pode aparecer pra estragar um bom negócio.

Uma vez que os lotes estão dispostos, os jogadores vão secretamente avaliar cada um deles, usando uns marcadores que variam de 0 a 4 mas ainda temos alguns especiais com utilização única.

Os lotes durante o processo de avaliação.

Depois de todos os jogadores avaliarem os lotes, somam-se as plaquinhas e aí os lotes são precificados, cada peixe vai aumentar ou diminuir sua cotação no mercado e os restaurantes podem comprar os lotes desejados para seus restaurantes.

O dinheiro em Tsukiji é muito apertado, então saber avaliar um lote que você deseja para que ele no final não tenha um preço muito alto, e tentar fazer com que lotes interessantes para outros jogadores fiquem caros é o grande coração do jogo.

O oscilante mercado de peixes de Tsukiji.

Ao final das sete rodadas, vamos analisar a posição de cada peixe no mercado para sabermos o seu multiplicador, cada restaurante multiplica sua quantidade de cartas daquele peixe pelo valor do mercado (apenas o Atum tem uma pontuação fixa) e o restaurante com mais dinheiro ganha.

Tsukiji é o segundo lançamento do Leandro Pires (o primeiro foi o Rock'n'Roll Manager) e vai sair em breve por financiamento coletivo através da galera da RedBox Editora. Fiquem ligados pois o jogo é muito bacana e está com uma arte caprichadíssima.

Se a versão final ficar tão caprichada quanto o protótipo já tá valendo.

Nenhum comentário: