Publicidade:

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Ludoteca Básica : Puerto Rico


Conversando com o amigo Daniel da Game of Boards, ele me perguntou se eu já tinha feito algum tipo de post elencando uma "Ludoteca Básica", e bem, não só nunca fiz, como deixei de falar sobre vários títulos que estariam em qualquer lista decente sobre jogos.

Então para corrigir esse erro vou começar pelo Puerto Rico, que esse ano completa 15 anos de bons serviços prestados a comunidade gamer e ainda hoje é um dos jogos mais "classudos".

Em Puerto Rico somos grandes proprietários de fazendas que querem aumentar seus lucros, produzindo mais, para exportar mais e com isso ter mais prestígio que os seus concorrentes.

Simplicidade : O jogo não precisa de muita coisa pra ser bom.

O jogo tem um tabuleiro central com vários prédios, uns comerciais que tem funções especiais e outros de produção que junto com os tiles de produto, são responsáveis pelas nossas colheitas.

Mas a alma do jogo são as sete cartas de ação, que à partir do jogador inicial (o Governador) são escolhidas e representam as ações para a rodada vigente.

Nas ações podemos plantar, colher, vender, conseguir mais gente para trabalhar, construir novos prédios entre outros.

A sua fazenda, com tudo que vai te dar ponto no final.

O jogador ao escolher uma das ações tem um benefício, mas diferente dos jogos de seleção de papeis tradicional, o Puerto Rico foi um dos primeiros em que os outros jogadores também tiram proveito das ações, e assim uma ação influencia (e muito as vezes) no andamento do jogo.

O jogo flui até o que uma das condições de final seja alcançada, contam-se os pontos e quem tiver conseguido a maior quantidade de pontos de vitória é o vencedor.

As sete ações, a alma do jogo.

POR QUE LUDOTECA BÁSICA?

Puerto Rico foi merecidamente o nº1 no Board Game Geek por anos, por ser um jogo simples de entender, mas com uma dificuldade enorme de se jogar bem em uma estrutura super enxuta e sem muitos elementos.

Quando ainda não se falava de "rejogabilidade" pela quantidade de opções de setup diferente, ele surgiu com um setup fixo para todas as partidas (depois até ganhou novos prédios) e você podia jogar tranquilamente uma centena de partidas e ainda assim ter uma experiência única a cada uma delas.

Um comentário:

Rodrigo Motta disse...

Meu primeiro Board Game. Um dos melhores já criados. Clássico e eterno.