Publicidade:

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Mysterium


Um fantasma assombra uma antiga mansão e os um grupo de médiuns são chamados para tentar, através de sonhos, solucionar esse mistério e trazer paz à casa, essa é a premissa do Mysterium, recentemente lançado no Brasil.

Os jogadores são divididos, um toma a parte do atormentado fantasma, e os outros serão os médiuns que através de cartas (estilo Dixit) vão tentar descobrir o assassino, a arma utilizada e aonde aconteceu o crime (soa familiar?) que vitimou o fantasma do jogo.

O jogo se divide em três segmentos, onde todos os jogadores primeiro precisam acertar o seu suspeito, depois o local e finalmente a arma. Os jogadores precisam acertar isso tudo antes de chegar a sétima rodada.

A mesa sendo preparada para a partida,
com o fantasma se posicionando.

Se conseguirem, acontece uma rodada final onde dentre as suspeitas de cada jogador, vamos escolher uma combinação que será realmente a que vai ganhar o jogo.

Todo esse andamento do fantasma escolher carta e tentar adivinhar qual o seu suspeito, é a alma (com trocadilho) do jogo, mas apesar disso acaba sendo a parte mais decepcionante da experiência.

Primeiro por que com uma mesa de muitos jogadores, o trabalho do fantasma acaba tendo um AP muito grande, e a chance da mesa dispersar é enorme.

Todos os suspeitos, locais e armas disponíveis.

Segundo, que em momento nenhum o jogo empolga ou se torna envolvente, a menos que você tenha uma galera que "compre a experiência", acho que pode vir a se tornar algo bem frustrante, pois ele promete ser um Dixit com objetivo e no final você acaba sentindo vontade de jogar o Dixit mesmo.

Recomendo a quem está curioso com o Mysterium jogar uma partida de experiência para ver se realmente vai vingar na sua mesa.

As cartas, tipo Dixit, te dão as dicas.

Essa e outros jogos estão disponíveis para jogar e comprar na  
http://www.gameofboards.com.br/
Rua Corrêa Dutra, 99 sobreloja 214 - Catete / Rio de Janeiro

Um comentário:

Thiago Soares Leite disse...

FAla Cacá!

Eu joguei duas vezes uma vez com as regras polonesas e uma vez com as regras americanas, eu gostei bastante de ambas (ganhei uma delas) e nenhum delas eu fui fantasma.

mas eu acho legal o jogo, minha namorada adora dixit e pirou neste jogo tbm!

acho o que vc falou é verdade entretanto, se não "comprar" a experiencia pode ser que não funcione mesmo...

mas é isso ótima resenha!