Publicidade:

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Vast : The Crystal Caverns


Você em algum momento já deve ter se deparado com os jogos de dungeon-crawler, e na maioria dos casos são jogos de heróis explorando dungeons com algum evil-lord tentando atrasar esses exploradores.

Agora imagina um dungeon-crawler em que cada jogador tem o seu papel completamente diferente dos demais com objetivos diferente fazendo ações diferentes? Esse é o Vast : The Crystal Caverns.

A área de jogo dos Goblins.

Nele os jogadores escolhem o que querem ser no jogo, você pode ser o herói valentão que tem que detonar o dragão, pode ser o dragão que precisa acordar da sua preguiça e sair da caverna, pode ser os Goblins sedentos do sangue do herói, ou sei lá, podem ser a caverna, que precisa expandir e depois colapsar.

O grande barato do Vast é justamente esse, são 5 jogos em 1 (tem o Ladrão além dos citados acima, mas não li muito sobre ele), e cada experiência na partida é bem diferente.

Eu joguei de Goblin, e o meu jogo era fazer com que as minhas três tribos fossem atrás do herói para tentar matá-lo, mas cada ataque é custoso e tudo precisa de planejamento.

Todos os jogadores : Goblins, Herói, Dragão e Caverna.

As impressões sobre os outros personagens foi positiva, alguns fazendo mais ações que outros, mas no final da partida todos ficamos com vontade de jogar de forma diferente pra testar as outras possibilidades.

Achei a proposta do Vast muito bacana, e o jogo consegue desenvolver isso de uma forma bem coesa com as engrenagens aparentemente funcionando bem e acho que com mais partidas ele tende a ficar bem disputado.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Diversão digital

BrettSpielWelt : Um dos primeiros que eu conheci.

Quando eu comecei (lá-aaaa em 2002/2003), eu só tinha acesso a minha versão caseira do Catan, que jogava a exaustão com os amigos, quando eu descobri um site onde eu poderia jogá-lo, foi nele que eu conheci o pessoal do grupo do Yahoo e por consequência a Joga do Edu e hoje estou aqui.

Desde então, jogar presencialmente e por plataformas digitais tem andado quase paralelo. Para se ter uma ideia, sites com o BrettSpielWelt, me fizeram bastante companhia, tendo servido inclusive para apresentar para a comunidade jogos como o Dominion, lá em 2008.

Board Game Arena : O mais antigo.

Hoje, as coisas estão cada vez mais elaboradas, instalei recentemente o Table Top Simulator, que tem atualmente mais de 300 mods com jogos que variam desde paciência até Twilight Imperium, com gráficos caprichados, mas complicados de pegar a manha de todas as possibilidades do aplicativo.

Já os sites, como o Board Game Arena (o mais antigo de todos), costumam ser bem mais tranquilos de lidar, até por que, ao contrário do TTS, geralmente os sites respeitam as regras do jogo apresentado, e não são apenas um veículo para se jogar.

Vassal : O primeiro programa com mods.

Explico, plataformas como TTS, Tabletopia ou Vassal, te disponibilizam o mod do jogo, e você com ele joga da forma em que quiser, tipo, se por acaso você comprar uma carta à mais no seu turno, nada acontece, se o amiguinho com quem você está jogando não perceber, vida que segue.

Já os sites, geralmente tem as regras anexadas à experiência, então, você não pode burlarlá-las (intencionalmente ou não).

Table Top Simulator : Um dos mais modernos, com visual super apurado.

Particularmente eu ainda prefiro a experiência de sentar na mesa, batendo papo, parando pra hora de pizza, experiência essa que me trouxe nesses mais de 10 anos uma penca de novos amigos que vão ficar para a vida, mas fato é, que hoje você tem uma quantidade absurda de formas de jogar o seu tabuleiro preferido de forma virtual, no Board Game Geek tem uma lista gigante de opções para aqueles momentos em que todo mundo furou, ou são 2 da manhã e você tá acordado doido pra jogar alguma coisa.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

SK8 Pro


Imagine que você está numa competição interplanetária de skate e contra aliens de todas as partes do universo você precisa das melhores manobras, ter um estilo único, bons patrocinadores e claro, evitar os sabotadores.

Essa é a historinha por trás do SK8 Pro, card-game da Retro Punk lançado esse ano, que traz um bom filler ao mercado, com artes que remetem ao grafite de rua e jogabilidade bem simples e dinâmica.

Muito bons os componentes, e uma arte meio "grafite".

No início de cada rodada, os jogadores recebem 6 cartas de manobras (que valem pontos e tem níveis de dificuldade) e 5 cartas de ações, onde temos os patrocinadores, estilos e sabotagens.

Os jogadores devem então preparar a sua sequência de manobras, ou seja, separam 4 cartas na ordem em que desejam que elas sejam executadas, e tem direito a um patrocinador e um estilo, enquanto podem jogar os sabotadores nos amiguinhos.

A sequencia de manobras, só deu pra fazer até a terceira.

Feito isso o jogador rola dois dados e somado ou subtraído das cartas de ação, você tem a quantidade de pontos para realizar as manobras na ordem previamente escolhida.

Ganha a rodada o jogador com mais pontos de manobra e ganha o jogo quem conseguir levantar o troféu da rodada três vezes.

Enfim, SK8 Pro é bem rápido, de regras fáceis, com uma dose legal de "rasteira" e dá pra jogar com a mulecada à partir dos 8/9 anos sem problemas, fica a dica.

Partidinha com meu irmão e o pequeno skatista.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Zombicide : Black Plague


Desde que tinha sido lançado o KickStarter do Zombicide : Black Plague lá fora, eu tinha para mim que ele seria o Zombicide definitivo pra mim, mas os preços absurdos do frete me fizeram desistir da campanha e eu fiquei esperando a chegada dele no Brasil.

E como esperado, a Galápagos Jogos trouxe a caixa básica para o Brasil, mas a questão do preço mais uma vez me afastou dele, então esperei ele chegar nos amigos da Ludoteca BGC para alugar o jogo e ver qualé, e não me arrependi!

Meu companheiro de batalhas contra os zumbis.

O Zombicide : Black Plague era tudo que eu estava esperando desse jogo no cenário medieval, tem magia, tem espadas, tem arcos, tem masmorras e tem zumbi... Muito zumbi!!

No que compete as regras gerais, pouco (ou quase nada) foi alterado, você tem a ativação dos heróis, onde cada um pode fazer suas três ações de praxe, depois tem a ativação dos zumbis e finalmente a chegada de mais zumbis.

Segura esse Necromante fujão rapá!

Então, por que ele está mais legal? Bem, ele está mais legal pela inclusão das magias, que vem como opção de armas de alcance, o tabuleiro individual de cada personagem agora é muito mais legal, com os espaços bem demarcados (mãos, corpo e mochila), cartinhas de comida, antes inúteis, agora dando pontos de experiência, cartas de ativação de zumbis bem mais interessantes e o Necromante.

Das adições, ele tinha sido a que eu tinha menos gostado nas primeiras duas partidas, mas ele é um tremendo pé no saco, pois ele desde que aparece fica só fugindo do tabuleiro, mas você pode perder uma partida caso deixe ele pra lá, então ele subiu um pouco no meu conceito depois que perdemos por conta das suas fugas.

E esse player board lindão? A Guillotine realmente caprichou.

Enfim, Zombicide : Black Plague veio para agradar ao povo que curte um medieval com zumbis, acho que ele tem muito a ganhar com futuras expansões além de ser uma excelente fonte de miniaturas para os seus RPG's.

Esse e mais um monte de jogos você pode alugar sem sair de casa com os amigos da Ludoteca BGC, conheçam os planos de assinatura e divirtam-se!

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Battle Box : Criaturas Noturnas


Na esteira do próximo filme da Marvel, o Dr. Estranho, a próxima coleção do Battle Scenes vai ser focado principalmente em magia e seres sombrios da editora, e nada melhor para dar um gostinho no que vem por aí do que a nova Battle Box da Copag, a Criaturas Noturnas.

Como em todos os Battle Boxes do jogo, além das cartas exclusivas temos um booster de cada uma das edições anteriores para dar um gostinho do que já saiu e atiçar um pouco da sorte dos jogadores (eu consegui duas foil nessa brincadeira).

Dos itens exclusivos, além dos dois dadinhos (que já tinham sido apresentados em boxes anteriores) temos o grande embate entre o Blade (v2) e o Drácula (estreando no game), além do Suporte "Tumba do Drácula" e a chegada das cartas de Predadores.

As cartinhas exclusivas e o monte de cartas dos boosters.

Mas o que fazem os Predadores? Toda vez que uma ação de um personagem com Predador causar dano em um ou mais personagens controlados pelo oponente, o controlador daquele personagem pode carregar um card de seus recursos naquele personagem.

As boxes do Battle Scenes geralmente são um "mimo" para os colecionadores, mas acho que com a chegada da coleção Despertar Sombrio, capaz de vermos em decks de competição cartas desse box e possivelmente dos Illuminati (box anterior), agora é aguardar.

Só aguardando a próxima coleção.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Inserts em MDF da Bucaneiros Jogos

Eu não sou um cara muito chato quanto a arrumação dos meus jogos, se o insert não funciona, lixo, se as pecinhas ficam soltas, caixas organizadoras ou ziplocks, se eu realmente preciso organizar, inserts feito em casa com foam.

Eu já conhecia os inserts em MDF de algumas fabricantes, uma até certa vez me enviou um que não cabia na caixa do jogo, mas nunca pilhei de comprar para jogos meus por achar que não valia à pena o investimento.

Tudo vazio ainda, esperando os milhões de tokens.

Mas no último The Meepe is on the Table, tive acesso ao material que a Bucaneiros Jogos enviou aos eventos, e ao insert que eles fizeram para o Zombicide, e bem, tentei a sorte com dois jogos que pra mim estavam uma zona e mereciam um tratamento um pouco mais cuidadoso, o Caverna e o Terra Mystica.

Vale ressaltar aqui que apesar de estar divulgando o trabalho dos caras, isso não é um post pago, pelo contrário, eu comprei os dois inserts, e se não tivesse ficado satisfeito com o material recebido, possivelmente a publicação não sairia ou teria um tom menos amigável.

Mas não, o produto entregue pela Bucaneiros Jogos é de alta qualidade, todos os encaixes são colados com precisão, os inserts cabem certinho nas caixas (nada de ficar forçando a barra ou colocando culpa na umidade caso não encaixasse) e vieram muito bem embalados.

Olha como fica tudo arrumadinho!

No site deles, além das indefectíveis torres de dados e tray para cartinhas, existem uma quantidade bem boa de inserts já prontos para encomendar, e ainda tem uma pesquisa para saber qual insert você desejaria que eles ainda não tem.

Mas como nem tudo são flores, tanto o Caverna quanto o Terra, que já são jogos pesados, ficaram com umas 400/500g a mais depois dos inserts prontos e arrumados, e agora eles passam a ser jogos para jogar em casa, levar pra evento, só com carona, mas fica a dica para quem quiser ter uma caixa organizada (e com cheirinho de madeira cortada).

No insert do Terra já tem espaço até para pecinhas da expansão.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Contária

Contária é um jogo de cartas onde escrevemos histórias que podem ter (ou não) finais felizes, para isso usamos personagens clássicos (como a Velhinha, a Donzela e afins) e tiramos o melhor (ou pior) de suas características.

O autor, Michael Alves, nos enviou um protótipo para jogarmos e escrevermos um pouco sobre o jogo.

Primeiramente (aquilo que você pensou) temos uma arte caprichada, que remete aos livros de histórias dos irmãos Grimm ou do Hans Christian Andersen, com 5 personagens centrais (Cavalheiro, Fada, Criança, Donzela e Velhinha) e seus alter egos que são responsáveis por pontuar positiva ou negativamente no jogo, além do indefectível Espelho, que ao ser "quebrado" revela esse alter ego e coloca certas habilidades no jogo.

Personagens na mão, prontos para contarem sua história.

A explicação do jogo é bem simples, na sua rodada você tem duas opções, ou usa o espelho para abrir um personagem seu ou de outra história, ou coloca mais um personagem na SUA história ou na história central (não pertencente a nenhum jogador).

Assim que todas as histórias tiverem completas (com 4 personagens) o jogo termina e contam-se os pontos, ganham os jogadores com a história mais positiva e a mais negativa.

Arte caprichada que nos remete aos nossos livros de infância.

Quando eu li o manual, achei que o Contária tinha uma pegada bem parecida com o Gloom, mas as semelhanças são muito sutis, enquanto o Gloom tem uma pegada mais "story telling" com personagens sempre fixos às famílias, no Contrária toda a "contação de história" fica restrito só ao flavor do jogo e ele muda mais a cada partida e é mais rápido.

Eu curti, o financiamento dele deve abrir em breve e pela primeira vista dos componentes (cartas e alguns tokens), ele deve vir com um preço super acessível.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Battle Royal 2016

Os amantes de Marvel podem comemorar! A Copag - pioneira na fabricação e distribuição de card games no Brasil -, anuncia o tão esperado "Battle Royal 2016", o maior torneio do único Trading Card Game Brasileiro, Battle Scenes. O campeonato acontecerá durante os dias 12 e 13 de novembro, no Tênis Club Paulista, na Aclimação e as inscrições podem ser feitas pela loja da Copag no http://www.copagloja.com.br/inscricao-battle-royal

As inscrições custam R$ 55,00 e dão direito ao um kit exclusivo composto por um Playmat temático do torneio além de outros brindes e itens promocionais exclusivos. O vencedor leva pra casa o titulo de Campeão Nacional de Battle Scenes e um incrível busto Iron Man – Mark VII em tamanho real edição limitada e numerada, avaliado em R$ 5 mil entre outros prêmios como Playmats exclusivos e Boosters Box da ultima edição de Battle Scenes, Ascensão e Queda. 

Ano passado, casa cheia durante o Battle Royal.

Com mais de 15 mil reais de premiação a serem distribuídos entre os 16 melhores jogadores, o Battle Royal constitui um grande torneio de disputas intensas e muita habilidade. Jovens com até 18 anos devem apresentar autorização e cópia dos documentos dos responsáveis. Menores de 10 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis.

Serviço
Local: Tênis Clube Paulista – Rua Rua Gualaxos, 285 - Aclimação, São Paulo - SP
Organização: Copag
Data: 12 e 13 de Novembro de 2016
Horário: Sábado a partir das 8h30 – Domingo a partir das 9h30
Inscrições:  www.copagloja.com.br R$ 55,00 – até 14/10

Que premiação lindona, olha esse busto do Homem de Ferro!!!!

Premiação:
1º lugar:
- 1 Busto Homem de Ferro Mark VII na proporção 1:1 (Tamanho Real) avaliado em R$ 5.500,00
- 1 Playmat Exclusivo Top 8
- 5 Booster Box – Ascensão e Queda
- 1 Playmat Exclusivo Campeão
- 1 Troféu Campeão – Battle Royal 2016

2º lugar: 
- 1 O Incrível Hulk Classic - 50cm - Premium Format Statue
- 1 Troféu de Finalista Battle Royal - 2016
- 4 Booster Box de Battle Scenes – Ascensão e Queda
- 1 Playmat Exclusivo Top 8

Ainda tem promo exclusiva do evento!!

3º e 4º lugar:
- 1 Hawkeye – Era de Ultron e Visão – Era de Ultron
- 1 Troféu de Semifinalista Battle Royal - 2016
- 2 Booster Box de Battle Scenes – Ascensão e Queda
- 1 Playmat Exclusivo Top 8

5º a 8º lugar:
- 1 Boosters box de Battle Scenes – Ascensão e Queda
- 1 Playmat Exclusivo Top 8

9º a 16º lugar:
- 18 Boosters de Battle Scenes – Ascensão e Queda

Se vocês querem saber mais como foi a edição de 2015, teve uma matéria muito legal escrita pelo amigo Marcelo Moura que participou do evento, é só clicar aqui.