Publicidade:

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Matryoshka


Criado pelo grande amigo Sérgio Halaban e lançado no Brasil pela Funbox Editora, em Matryoshka somos colecionadores das famosas bonequinhas russas e junto a outros colecionadores tentamos realizar as melhores trocas para que possamos ter a coleção mais valiosa.

O tema é bonitinho, a arte é LINDA, mas o jogo não é bobo não, no início da rodada os jogadores dispõe parte da sua coleção para dar uma dica ao outros do que desejam para troca.

Um por um, o jogador da vez faz uma oferta, depois os outros secretamente passam uma das suas bonecas para que o jogador da vez aprecie, e no final ele obrigatoriamente troca com um dos outros colecionadores.

Uma arte caprichadíssima, mas que pode confundir
o jogo num primeiro contato.

O jogo dura 4 rodadas e cada uma, mais bonecas são expostas no início da rodada, até que finalmente todos fazem uma grande exposição de 13 cartas e é realizada a pontuação final.

 A pontuação baseia-se em sequências numéricas da mesma coleção e em colunas de mesmo número em coleções diferentes (formamos uma grande matriz na hora da exposição), e quem tiver a maior pontuação é o grande colecionador de Matryoshkas.

O jogo tem uma dinâmica bacana de mostrar as cartas, dando uma dica do que você quer, mas sem mostrar muito para que os outros jogadores não saibam sua pontuação toda, e conforme o jogo se desenvolve você tenta não perder as suas combinações pra não ficar sem aquela cartinha boa.

Durante a partida, expondo a nossa valiosa coleção.

Matryoshka acaba sendo um card-game bem inteligente, onde o único ponto negativo é justamente uma das suas coisas mais legais, a arte, pois a escolha de cores para bordas e fundos acabou não sendo tão feliz e as vezes podem confundir os jogadores mais novatos, mas depois da primeira partida já está tudo resolvido.

Fica a dica de mais um jogo bacana do Sérgio e que está aí no mercado com um preço super convidativo.

Nenhum comentário: