Publicidade:

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Bloodborne : The Card Game


Baseado no jogo de video-game, o Bloodborne : The Card Game é o próximo card-game do grande Eric Lang, que o nosso amigo Fel Barros participou como "lead developer" e pedimos para que ele gentilmente escrevesse um pouco sobre o jogo.

Bloodborne : The Card Game é um jogo para 3-5 jogadores de gerenciamento de risco, seleção simultânea de ações e set collection.

No começo do jogo, um deck de monstros e chefes é montado aleatoriamente e um ‘chefão final’ é escolhido. O chefão final (1 entre 5 opções) impacta fortemente a direção da partida.

 Algumas das cartas de monstros do jogo. Foto Promocional.

As rodadas são bem simples e com pouco downtime. Todo mundo começa com o mesmo deck de cartas e, aos poucos, você vai adquirindo novas armas e melhorando seu deck (ainda que ele não possa ultrapassar um limite máximo de cartas).

Primeiro você revela um novo monstro e depois todo mundo escolhe ao mesmo tempo uma carta e joga simultaneamente. As cartas tem diversos poderes (uma das cartas deixa você jogar ‘depois’ de ver os outros outra faz você curar/comprar novos equipamentos, guardar seus pontos de vitória e recuperar as cartas usadas).

 Como a mesa fica durante a partida. Foto Promocional.

Os monstros atacam e os jogadores que sobreviveram atacam de volta pegando sangue (pontos de vitória) e se ele morreu, ganha um troféu do tipo dele. Os monstros tem dados verdes (fraco), amarelo (médio) e vermelho (mais dano). Depois de passar o deck todo (7 monstros e 3 chefes) você enfrenta o chefão final.

Você pontua por tipo de monstro que você participou da morte (set collection), dano causado nos monstros e chefes.

A grande sacada é que quando você morre, os pontos que você ainda não guardou são perdidos. Isso gera alguns momentos bacanas de tensão em que você precisa decidir ‘pegar uns pontinhos a mais’ e fazer a jogada segura, outro ponto importante é você tentar ‘adivinhar’ a jogada dos adversários criando momentos bem bacanas de interação entre os jogadores.

Os chefões que definem o rumo de cada partida.

A direção do Bloodborne : The Card Game era de criar um jogo bem tenso que mudava bem a cada partida e que houvesse bastante interação e, claro, muitas mortes.

A partida demora cerca de 45 minutos, escala para mais de 3 jogadores e, pessoalmente, acho que 4 é o melhor número de jogadores para a partida. A reação inicial da crítica e do público foi bem positiva e estamos bem satisfeitos com o produto final.

 O grande Eric Lang e (com certeza) mais um dos seus sucessos.

Nenhum comentário: