Publicidade:

sexta-feira, 4 de março de 2016

Mind Lab, e a forma de ensinar brincando


Ontem meu filhote chegou em casa com o jogo Escondidos, que é o jogo escolhido pelo pessoal da Mind Lab para trabalhar a forma lúdica de ensino que é a proposta desse grupo que atua nas escolas.

A Mind Lab é líder mundial na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias inovadoras para o desenvolvimento de habilidades e competências e, por meio do Programa MenteInovadora.

Jogos clássicos usados nas aulas :
Hora do Rush / Blokus / Cartagena / Abalone.

A metodologia deles é utilizar jogos como forma de aprendizado, colocando as crianças de frente para desafios práticos e com isso desenvolver a lógica, coordenação, resolução de problemas entre outras coisas que os pequenos vão enfrentar em suas vidas.

Lá na escola do meu filhote, eles já estão a três anos trabalhando junto aos professores, e nesse tempo a gente conseguiu notar que esse tipo de abordagem é realmente bastante eficaz, tanto para o uso escolar, como para o dia-a-dia.

Pequeno concentrado pensando onde eu escondi minha criança.

No exemplo do jogo Escondidos, temos um cenário com um "grid" onde cada jogador secretamente, posiciona sua criança e através de perguntas com respostas "sim" ou "não" tenta descobrir onde está a criança do oponente primeiro.

Os jogos oferecidos aos alunos são muito bem feitinhos e o pessoal do Min Lab está de parabéns pelo trabalhado oferecido e ao Colégio Santa Teresa de Jesus só tenho que agradecer pela decisão de abraçar um projeto tão interessante.

3 comentários:

Marcos Estevo disse...

Olá, Cacá. Meu filho estuda no colégio Lá Salle em Brasília e eles também adotaram o Mind Lab. O primeiro jogo que meu filho trouxe para casa foi um jogo da velha 3d. Até é legalzinho, mas não empolgou. O segundo jogo, chamado Mindsters, é um set collection MUITO legal, pra crianças. Gostei pra caramba e meu filho também. Gosto de ver como meu filho aprende as regras e é emocionante ver meu filho pensando na jogada e fazer exatamente o que eu faria. Abraço!

Felippe Física disse...

Eu vi o projeto, mas é possível alguém comprar esses jogos sem passar pela escola?

Carlos "Cacá" disse...

Oi Marcos... É muito legal mesmo ver eles pegando as manhas dos jogos, e nisso esse tipo de metodologia de ensino ajuda pra caramba...

oi Felipe, cara, entra em contato com eles (tem o link no post), acho que eles vão te dar uma luz com isso... :)