Publicidade:

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Império Lendário




Essa semana joguei Império Lendário, lançamento do Rafael Verri e publicado pela Ludofy. Império Lendário um jogo de civilização para até 4 jogadores onde cada jogador tenta conseguir o maior número de Pontos de Vitória para se tornar a maior civilização da história.
           
Quem conhece jogos de civilização sabe que em geral são jogos bem pesados, com muitas regras e de longa duração, o que me surpreendeu no Império Lendário é a simplicidade das regras, cada civilização possui cinco características que são usadas para comprar e ativar cartas: Trabalhadores, Insumos, Conhecimento, Religião e Militar. Cadas uma dessas características são alimentadas através de rolamento de dados e atualizadas no tabuleiro individual de cada jogador.

Tabuleiro de cada civilização, onde marcamos os avanços.

Ele tem tudo que os demais jogos desse tipo tem, você pode realizar trocas com outras civilizações, construir Maravilhas, desenvolver novas Tecnologias, Unidades Militares, Eventos e usar os benefícios de Personagens históricos, representados por cartas, e você também pode mudar o sistema de governo da sua civilização, indo da Anarquia até a República, ganhando benefícios com essas mudanças. O jogo se passa através de cinco Eras, com uma batalha entre os jogadores ao final de cada Era, sendo a última com apenas uma rodada de duração.
           
No final da quinta Era os jogadores ganham os Pontos de Vitória indicados nas cartas que estão ativadas (baixadas na mesa) e através de cartas Bônus, que servem como objetivos de cada civilização. 

Tabuleiro central com as catas utilizadas no jogo.

A arte do jogo foi trabalho do Diego Sanchez, que eu já conhecia através de alguns jogos do Marcos Macri, e ficou excelente, com destaque para os Personagens. O manual do jogo está bem escrito, mas tivemos que recorrer ao FAQ da Ludopédia em algumas situações. Algumas cartas estão com termos trocados, como as cartas de Tecnologias, que algumas vezes são chamadas de cartas de Conhecimento, gerando uma pequena confusão, mas nada que atrapalhe o jogo, pois a iconografia está muito boa.

Império Lendário é um bom jogo, não tão pesado como Civilization ou Through the Ages, particularmente eu me senti evoluindo minha civilização, embora não tenha achado a parte militar muito presente durante o jogo. Eu gosto muito de jogos de civilização e para quem nunca jogou esse tipo de jogo eu recomendo fortemente.

Essa resenha foi escrita pelo amigo Eduardo Felipe.

Nenhum comentário: