Publicidade:

quarta-feira, 11 de março de 2015

Resenha : Rolling Japan


Quem passa por aqui frequentemente ou me conhece sabe o quanto eu curto joguinhos com dados, quando eles são fillers e com versão solo então, foi assim que eu acabei chegando no Rolling Japan.

Lançado ano passado ele é um dice game bem leve mas cheio de armadilhas. São sete dados que são colocados num saquinho e sorteados de 2 a 2.

Quando você sorteia o primeiro par deve colocar os números que saíram nos espaços do mapa do Japão respeitando as seguintes regras : os vizinhos devem estar com numerais iguais ou com até UM de diferença, marcados com um X ou espaços vazios.

Todo o material necessário para jogar o Rolling Japan!

Se você não conseguir colocar o número de forma alguma, marca um X no espaço da cor e parte para o próximo par de dadinhos. Quando três pares forem sorteados, o turno acaba, os dados voltam ao saquinho e vida que segue.

O Rolling Japan acaba sendo bem interessante e difícil, pois no final de 8 turnos quem tiver menos X marcados vence, então na hora de colocar o número sorteado se você der mole, fica com um espaço preso que vai acabar ganhando um X.

Fica a dica (que me foi dada pelo amigo Marcelo Antunes) de um filler bacaninha que dá pra jogar até sozinho.

Nenhum comentário: