Publicidade:

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Ludolocadores a alternativa para os jogadores

Com o crescimento do mercado nacional e como consequência o número de jogadores crescendo cada vez mais, fica mais difícil acompanhar o ritmo e manter as finanças em dia.

Só para se ter uma ideia, essa semana a Galápagos Jogos lançou quatro jogos e prometeu duas expansões que somadas chegam quase aos mil reais em jogos.

Na FunBox além de alugar, ainda rolam playtestes dos futuros
lançamentos da FunBox Jogos.

A alternativa para "filtrar" o que vale a pena ou não comprar, na minha opinião, são as ludolocadoras que te dão a chance de alugar um jogo e levá-lo pra casa por quanto tempo você quiser.

A pioneira nesse ramo, e hoje a de maior acervo, foi a FunBox de São Paulo, que hoje conta com um acervo de mais de 1000 títulos e atende na loja física onde o associado pode até mesmo jogar um jogo e levar outro pra casa.

Aqui no Rio funcionando nos mesmos moldes, mas ainda engatinhando, temos o Clube RedBox, contando com um acervo ainda em expansão, eles tem colocado sempre uma cópia do que sai de mais novo no mercado nacional.

O Clube RedBox ainda está crescendo, mas os
eventos tem ajudado a divulgar a locadora.

Finalizando temos a opção para quem não está nem no Rio nem em São Paulo, para esses jogadores a Board Game em Casa é a melhor solução.

Os jogos são enviados pelo correio, super bem acomodados e chegam rapidinho na sua casa, diferente das outras duas, na Board Game em Casa você tem um tempo mínimo para ficar com o jogo.

Contando agora com uma loja física em Brasília, o acervo deles ultrapassa os 400 títulos e também está sempre em expansão.

A loja física da Board Game em Casa é novinha,
mas já está atraindo muitos jogadores.

O mais bacana é que apesar das três serem do mesmo segmento, por serem de regiões diferentes e por terem como donos as pessoas que também jogam, todos são amigos e trocam ideias sobre como melhorar o atendimento, ajudam nas dificuldades (principalmente da galera que está começando) e torcem pelo sucesso um do outro.

Então se você quer conhecer os jogos e não está com aquela disponibilidade de grana para comprar tudo que sai, junte os amigos, se associe em um (ou mais) desses clubes e comece a experimentar as novidades e os jogos clássicos (que ainda não chegaram ao mercado nacional).

Nenhum comentário: