Publicidade:

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Resenha : Rattus


Essa semana vai ser recheada de resenhas novas, pois tenho jogado muita coisa diferente e para abrir os trabalhos vou falar um pouco do Rattus, jogo que eu peguei com o pessoal da Board Games em Casa.

Em Rattus a Peste Negra está se espalhando pela Europa, e em poucos anos mais da metade da população (representada por cubos) vai ter desaparecido.

A Europa e sua infestação de ratos pestilentos.

O jogo então é uma corrida para tentar manter a maior quantidade dos seus cubos no tabuleiro e sempre que possível tentar empurrar a praga para os seus adversários.

A rodada do jogo é rápida, temos que escolher (ou não) uma ação, colocar novos cubos no tabuleiro e mover o "mensageiro da morte". Feito isso abrimos os marcadores de ratos do território e contamos as baixas.

Os personagens que determinam as ações e quem vai morrer nos territórios.

O jogo termina quando não puder mais entrar marcadores no tabuleiro ou se um jogador conseguir colocar todos seus cubos (o que o manual avisa ser um caso raro). Ganha quem tiver mais cubos no final.

As regras do Rattus são bem fáceis de ensinar e ele é um bom "gateway" para conhecer o sistema de controle de área e seleção de papeis.

Um comentário:

Andre Lucato disse...

Gosto demais de jogos de controle de área, e não sabia que o Rattus era um jogo simples nesse formato. Vai para wishlist então, ainda mais pela arte que acho lindona.