Publicidade:

terça-feira, 26 de março de 2013

Resenha : Amanhã, 24 Horas de Desezpero!

Nesse último a domingo a Gruta do Groo realizou o playtest do jogo Amanhã, 24 Horas de Desezpero!, um jogo de zumbis brazuca, criado pelo Cleverson Renan Padrão.

O Amanhã, 24 Horas de Desezpero! traz os bons e velhos zumbis para a mesa, em um jogo cooperativo onde os esquadrões dos jogadores são lançados de pára-quedas (ainda bem, né?) no centro de uma cidade tomada por zumbis. Os esquadrões devem explorar os edifícios dessa cidade à procura de sobreviventes, mas eles precisam se apressar, pois em 24 horas as forças armadas lançarão uma bomba sobre a cidade! (malditos militares, sempre querem explodir tudo...) GO! GO!! GO!!!

A arte do jogo está bem caprichada.

O jogo tem regras simples: no seu turno você move o seu esquadrão para um prédio e revela o tile do mesmo, que indicará quantos zumbis, sobreviventes e itens existem ali, além da quantidade de "buscas" que você deve fazer para explorar o prédio. Então você abre as cartas de zumbis indicadas e organiza o seu esquadrão (no início cada esquadrão tem 4 cartas de sobreviventes, e durante o jogo você adiciona os sobreviventes que encontrar aos seus esquadrões). O líder usará todos os dados mostrados na carta, e os demais usarão: 1 dado verde (o melhor dado), 1 dado amarelo e 1 dado vermelho (o pior dado), sempre nessa ordem. A ordem em que você arruma o esquadrão é muito importante, pois se o seu líder morrer durante a exploração o sobrevivente seguinte passa a ser o líder.

Cartinhas dos personagens no detalhe.

HORA DA MATAR ZUMBIS!!! Role todos os dados e confira os resultados: "olhinho" elimina uma das "buscas" necessárias para explorar o prédio, "BAM" ou "TUM" dão um dano em um zumbi, e "boca de zumbi" dá um dano no seu líder. Você vai fazendo rolagens até eliminar todas as buscas e zumbis, e então compra os itens e sobreviventes indicados no prédio (com esses sobreviventes é possível montar um segundo esquadrão, que lhe permitirá explorar 2 prédios por turno). Se todos os membros do seu esquadrão morrerem, o prédio não é explorado e você poderá ser eliminado do jogo (caso ainda não tenha um segundo esquadrão). Mas isso não é tão fácil acontecer, já que você pode usar a qualquer momento os seus itens, que equilibram o fator sorte do jogo (itens dão danos automáticos, curam danos, e fornecem "buscas" automáticas). E assim os jogadores vão alternando seus turnos, sendo que a cada turno o relógio anda 1 hora: se em 24 horas todos os prédios não tiverem sido explorados, os jogadores viram pó!

E taí o que vocês queriam... zumbis!!!!!

O Amanhã, 24 Horas de Desezpero! tem mecânicas simples e funcionais, na medida certa. Durante o playteste detectamos por aqui alguns probleminhas nas regras de movimentação, e estão fazendo falta algumas habilidades especiais para os líderes, mas nada que comprometa a simplicidade do jogo, que é uma das grandes qualidades dele.

O Cleverson ficou de implementar essas e mais algumas sugestões ao Amanhã, 24 Horas de Desezpero! antes de trazê-lo para outro playtest na Gruta, mas no geral esse primeiro playteste foi muito positivo, certamente o jogo será mais uma boa opção para o mercado nacional.

Resenha por Marcelo Groo

Nenhum comentário: