Publicidade:

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Top 5 especial Halloween

Hoje é o Dia das Bruxas e nos tabuleiros temos vários jogos com temática de terror, na sua maioria jogos "palha" ou fraquinhos, então para vocês na hora de gastarem seu rico dinheirinho não escolherem um jogo mais fraquinho vou fazer um TOP 5 dos jogos de terror que eu acho mais legal.



Nesse jogo somos exploradores entrando numa casa assombrada para tentar desvendar os seus mistérios, o que os jogadores não sabem é que em determinado ponto da aventura um deles pode se tornar um traidor e acabar com seus "companheiros".



Apocalipse zumbi rolando, galera junta tentando se safar dos perigos que rondam a cidade e sobreviver à morte eminente. Muitas miniaturas num jogo cooperativo de perder o fôlego.



O lance desse é tentar sair com o máximo de sobreviventes possível da casa assombrada, nem que para isso você tenha que colocar na reta os outros jogadores para se tornarem vítimas das criaturas que ficam passeando por lá.



O mundo está cheio de seguidores de clãs demoníacos tentando se superar frente aos outros, e para isso cada um usa seus métodos que vão da magia a porradaria pura.



De onde vem os monstros? Ora, das pet-shops! Pequenas criaturas fofas que precisam de carinho e alimentação para se tornarem destruidores a serviço dos seus mestres depois de crescidos.


 Menção honrosa. Vale dos Monstros

Hora de assombrar o acampamento como vampiros, mumias entre outras criaturas. Quem vai conseguir aterrorizar mais esses campistas desavisados?

Esses são as minhas recomendações, tem para todos os gostos, desde os jogos de porrada até os euros, então faça a sua escolha e bote para aterrorizar a mesa da sua galera.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Matando a vontade de plantar e criar cavalos

Cavalos, lareira, estações do ano, várias novidades no Agricola ontem.

 Ontem foi dia de colocar na mesa um predileto da casa que eu não jogava a algum tempo, o Agricola. Além do jogo base utilizamos três expansões, a Farmers of the Moor, a Through the Seasons e as ocupações do Gamer's Deck.

Na mesa eu, Bouzada e Franklin e explicadas as expansões para quem não sabia começamos a partida. A Farmers coloca coisas no terreno da sua fazenda, adiciona cavalos entre os bichos e durante a fase de colheita além de alimentar a família você ainda tem que aquecer a casa.

Minha fazendinha já perto do fim do jogo.

Essas alterações são legais mas não achei que acrescentam muito ao jogo, só deixam ele um pouco mais diferente. Acho que a mudança mais significativa são as cartas de ação que te dão mais opções dentro do jogo e te permitem fazer alguma coisa sem utilizar uma das suas peças.

A partida fluiu bem, em depois de pouco mais de 4h já tínhamos terminado. Na pontuação final o Franklin fez 56 enquanto eu e o Bouzada fechamos com 50.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Tabuleiro Virtual : Can't Stop

Um dos grandes clássicos do autor Sid Sackson chegas as plataforma iOS, o Can't Stop é o típico jogo excelente para esse tipo de sistema.

Nele os jogadores tem 11 colunas e quem fechar 3 dessas colunas primeiro é o vencedor. Para isso são rolados 4 dados e você deve formar duplas com os números sorteados.

Mas a graça do Can't Stop é que quanto mais você vai fazendo rolamentos, mais chances tem do seu peão não marcar nenhuma subida naquela rodada.

Esse é um jogo rapidinho, tem uma AI boa e custa só 0,99 na Applestore. Divirtam-se com mais esse joguinho de dados viciante.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Entrevista : Antoine Bauza

Vamos começar a semana conhecendo um pouco do trabalho desse autor que já tem no currículo dois jogos super aclamados, o Ghost Stories e o 7 Wonders. Agora com vocês um pouco do Antoine Bauza.

Antoine Bauza e seu primeiro grande sucesso. Foto BGG.

E aí, tem Jogo? Primeiro um pouco de você, quando começou o interesse pela criação de jogos e quais as suas principais influências no início da carreira?

E aí, tem Jogo? First of all a bit about you, when did you start to create games and what were your main influences at the beggining of your carreer?

Antoine Bauza : Eu comecei a fazer meus jogos na adolescência. Depois das minhas primeiras tentativas passei muito do meu tempo jogando video games e RPG. Eu redescobri os jogos de tabuleiro no final da faculdade por volta de 2003. Meu primeiro jogo publicado foi o Chabyrinthe em 2007. As minhas influências são muitas, eu pego as idéias para jogos de muitas fontes : livros, filmes, viagens, cenas do dia-a-dia...

Primeiro jogo publicado, Chabyrinthe. Foto BGG.

Antoine Bauza : I started to design games when I was a teenager. After those first experiments, I spent a lot of my time playing video games and roleplaying games. I rediscovered boardgames at the end of my high school studies, around 2003. My first published boardgame, Chabyrinthe, was published in 2007. My influences are numerous, I get my game ideas from many sources : books, movies, travels, everyday's life scenes...

EatJ? Depois do Ghost Stories seu nome se tornou mais conhecido entre os gamers, no que isso te ajudou?

EatJ? After Ghost Stories release your name became better known between gamers, how did it help you?

O excelente Ghost Stories. Foto BGG.

AB :  Eu não tenho certeza se o Ghost Stories me ajudou entre os gamers e as publicadoras jogos. O jogo foi uma grande experiência de design e eu aprendi muito com o desenvolvimento dele. Então isso foi um grande passo para minha carreira.

AB :  I am not sure Ghost Stories help me among gamers or publishers. The game was a huge game designing experience and I learnt a lot with his development. So it was a big step in my carrier.

EatJ? Atualmente o 7 Wonders é considerado um dos card-games mais criativos do mercado e as expansões só tem ajudado a crescer o número de fãs, o que podemos esperar para além dos Líderes e das Cidades?

7 Wonders com suas duas expansões. Foto BGG.

EatJ? Nowadays 7 Wonders is considered one of the most creative card-games in the Market, and the expansions helped increase the fan base, what can we expect beyond Leaders and Cities?

AB : Eu estou trabalhando na terceira expansão (possivelmente chamada : Armada). Ainda tem muito trabalho a ser feito, mas estou bastante contente com a resposta que os primeiros jogadores tem dado. Então, eu acredito que essa seja publicada mais para o futuro. Depois disso, bem, vamos ver (hehehe).

AB : I am working on a third expansion (working title : Armada). There is still a lot of work to do but I am quite happy with the first players feedback. So, I quite confident about this one to be published in the near future. After that, well, we'll see (hhehehe).

Para esse ano em Essen, o lançamento do Tokaido. Foto BGG.

EatJ? Atualmente em fase de playtestes, como está o andamento do Rampage e o que podemos esperar desse jogo?

EatJ? How is the progress of the playtests for Rampage and what can the gamers expect from it?

AB : Os playtestes estão terminados para o Rampage. Nossa primeira expectativa era que ele fosse apresentado em Essen '12, mas a publicadora teve alguns problemas de produção e o jogo só será lançado em 2013. Ele vai ser um jogo especial com componentes em 3D e uma jogabilidade única : Você é um grande monstro destruindo tudo pela cidade, comendo meeples aos montes e lutando contra outros monstros, bem ao estilo Godzilla (hehehehe).


 As primeiras imagens do Rampage. Foto BGG.

AB : Playtests are finished on Rampage. We first expected to release to game at Essen'12 but the publisher faced some production issues, so the game will be released in 2013. It's quite a special game with some 3D component and a very unique playing experience : you are a big monster destroying everything in a city, eating meeples by dozens and fighting with yours monsters pals, gozilla style (hehehehe).

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Rapidinhas de Essen

Não galerinha, eu não estou lá (infelizmente), mas já tenho visto bastante coisa interessante acontecendo, então algumas palhinhas.

— Divulgadas as primeiras imagens do tão esperado Bora Bora do Stefan Feld. Parece muito com outros grandes jogos dele, e pelas opiniões parece ser um jogão. Aguardaremos!!!

Gostou do tabuleiro do Bora Bora? Eu gostei MUITO. Foto BGG.

— O pessoal do Board Game Geek tem feito vídeos ao vivo do evento apresentando uma série de jogos, se você está com um tempinho e saca de inglês vale ver.

— Rodando pelo twitter também encontrei um album com mais de 100 fotos de jogos apresentados nesse edição do evento. Tem umas coisas bem interessantes que já começaram a entrar pra wish-list (só pelo visual).

Cooperativo, tile placemente, esse Escape está fazendo sucesso. Foto BGG.

— Por enquanto no Geek Buzz o jogo mais falado tem sido o Escape : The Curse of the Temple da Queen Games. Não tava na minha mira, mas vou dar uma atenção maior agora (ehehhe).

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Resenha : Gran Circo


 Demorou, mas à partir dessa semana, toda semana vou fazer pelo menos uma resenha dos jogos que vem sendo lançados no Brasil. Tenho na fila Galápagos, RDG, Ceilikan e hoje vou abrir os trabalhos com a MS Jogos e seu primeiro jogo o Gran Circo.

Criado pelo amigo Marco Macri, em Gran Circo somos responsáveis por contratar, promover e chamar mais atenção para o nosso circo em relação a concorrência.

O tabuleiro central, onde ficam os tiles de investimentos.

A mecânica do jogo é bem tranquila de aprender e ensinar. São 4 turnos dividos em 3 fases que são : fase 1 de receber grana, artistas e escolher os personagens para ajudar; fase 2 para distribuir os artistas nos circos; fase 3 para investir em melhorias.

No final dos turnos 2 e 4 fazemos uma pontuação baseada nos artistas e nos investimentos que fizemos no nosso circo e depois da pontuação do turno 4 o jogo acaba e ganha quem tiver mais pontos.

E o tabuleiro de circo para cada jogador.

A mecânica está bem arrumadinha e a produção está muito caprichada, ele é atualmente o jogo nacional com mais cara de "euro" do mercado. E é uma ótima opção para aquela jogatina em família ou numa joga mais casual.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Feriadão das crianças

Feriadão bacana para deixar o seu lado criança fazer a festa. Por aqui brinquei muito com meu muleque, me dei uns joguinhos de presente e claro, joguei com os amigos.

Ontem rolou uma "partidinha" de Antiquity no Shamouzão. Éramos eu, Bouzada e Camilo começando a explicar pro Camilo as 11h e terminando as 17h com direito a paradinha para almoço.

 O terreno logo no comecinho do jogo, todo limpinho.

O jogo para quem nunca ouviu falar dele, é um daqueles jogos-evento que valem cada minuto jogado. Já fiz uma resenha dele e volto a repetir que ele é Top 5 aqui da casa.

Na nossa partida o Bouzada deu umas dicas de quem tem mais partidas nas costas e logo na segunda rodada todo mundo já tinha a sua devoção definida. Eu e ele de São Cristovão e Camilo de Sta. Maria.

Aqui no final, lixo espalhado por todos os lados.

 Com ninguém se preocupando com estocagem de bens a preocupação maior era em não deixar ninguém morrer de fome e ter lugar para colocar o lixo todo.

Eu fiz uma cidade só e consegui controlar bem minhas perdas. O Bouzada com duas estava na luta pra manter equalizar lixo/tumbas e o Camilo expandiu com 3 cidades no tabuleiro.

Na minha cidade sobrou até espaço.

No final eu e o Bouzada fechamos a partida na mesma rodada, mas eu ganhei o jogo no desempate pois tinha uma área mais limpa. O grande problema do Antiquity (assim como da maioria dos grandes jogos-evento) é que dá vontade de jogar de novo assim que termina a partida.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

RISK Legacy : Partida número 10!

Ontem chegamos a décima partida da nossa campanha (de 15) no RISK Legacy. Agora temos conseguido jogar de uma em uma nos encontros, mas as partidas tem sido muito boas.

O meu circo não rendeu o esperado no Gran Circo.

No início da noite, enquanto o povo todo não chegava, estreei o meu Gran Circo com a Taly e o Léo. Regras tranquilas de explicar e o jogo é bem bacaninha, farei uma resenha mais detalhada dele.

Na nossa partida o circo do Léo ficou em primeiro, com a Taly em segundo e o meu circo capenga em terceiro.

Na América do Norte o couro comeu.

 Depois disso o povo chegou e chegou a hora da décima partida do RISK. O jogo poderia ter sido muito mais rápido se os dados colaborassem com o Rony, mas não ajudaram. Ele chegou a estar com 3 pontos de vitória.

Enquanto isso a Vivian ia juntando suas cartinhas para fazer a troca de 30 exércitos para abrir o último compartimento da caixa, mas ela esqueceu que precisava ter guardado seu míssil, resultado, ela ficou frustrada mas com uma penca de exércitos entrando no tabuleiro, acabou ganhando o jogo.

Para anuviar os ânimos, um RA.

Ainda tínhamos uma hora antes do metrô fechar, deu tempo para uma partidinha de RA, essa eu ganhei com três pontinhos só na frente da Taly.

Depois das dez partidas o placar anda assim :
Cacá (3) / Vivian, Taly e Léo (2) / Rony (1)

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Tabuleiro Virtual : Summoner Wars

Essa semana vou falar do primeiro jogo que eu acabei jogando virtualmente antes de testar a versão analógica (embora tenha ele). Vou falar do divertido Summoner Wars.


Como a maioria dos amigos sabem, esse jogo foi trazido pela Galápagos via financiamento coletivo, foi um sucesso, já está com a primeira facção disponível para venda e apesar de já ter recebido o meu a pelo menos uns dois meses, ainda não consegui jogar "ao vivo".

Mas o app do iPad resolveu o meu problema. Muito bem implementado com os gráficos das cartas originais, tutorial de regras simples e eficiente, e um AI esperto o suficiente para rolarem boas partidas o Summoner Wars é uma boa opção.


O app grátis vem com os decks Tundra Orcs e Phoenix Elves disponível, mas já existem 9 implementos com mais decks, reforços e até mesmo um pacote promocional com tudo que você precisa.

Se você está afim de conhecer o jogo antes de comprar a versão analógica dele, essa é uma grande oportunidade.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Abrindo a caixa do Gran Circo

Todos os componentes já devidamente arrumados.

 Final da semana passada recebi a cópia nº 44 do Gran Circo, esperava fazer um "dissecando" dele falando dos componentes e dando uma resenha, mas acabou que ainda não consegui jogá-lo, mas já vou dar as minhas primeiras impressões sobre o jogo.

Gran Circo é o primeiro jogo do selo MS Jogos e tem como criador o amigo Marcos Macri e com a ótima arte do Diego Sanchez.

Uma penca de tiles, cada um com uma arte mais bacana que o outro.

A primeira impressão quando se pega a caixa é de estar de posse de um jogo importado, a produção está super caprichada, caixa rígida e impressão perfeita.

Os componentes também estão lindos, os tiles são grossos e com uma arte que chama bastante atenção. O único "senão" fica na questão dos cortes, por conta da laminação na parte traseira dos tiles, na hora de tirá-los deve-se tomar muito cuidado para não correr o risco de descascar.

O tabuleiro central e os circos dos jogadores.

Recomendo o uso de lâminas para os tiles, mas tirando esse probleminha o resto está nota 10. Já dei uma lida nas regras e o jogo parece ser um family game bem divertido e rápido.

Eu recomendo a todos o jogo, mas sejam rápidos pois ele terá uma tiragem de 200 exemplares só e pelo site dá para ver que está perto de ter sua produção esgotada, fruto do merecido sucesso da dupla Macri/Sanchez.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Tabuleiro Virtual : Small World


Não demorou muito para finalmente instalar o app do Small World para o iPad. Na Apple Store o jogo tá custando US$ 6,99 e o jogo está com uma implementação espetacular.

O Small World é um dos meus TOP 10 e eu fui quase obrigado a comprar ele também de forma digital e não me arrependi. Apesar de você só ter o jogo para 2 pessoas (ainda), o "robozinho" deles joga pra caramba e são sempre partidas muito boas.


Outra coisa, você pode jogar frente-a-frente colocando o iPad entre os jogadores (embora eu ache essa idéia meio esquisita uma vez que eu tenho o jogo), mas numa viagem ou no metrô fica realmente mais fácil.

Atualmente estão disponíveis as primeiras duas expansões já (a Cursed! e a Grand Dames) custando US$ 1,99 mas ainda não peguei nenhuma das duas. Por enquanto estou me divertindo pra caramba com o jogo básico mesmo e recomendo.