Publicidade:

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Lembra desse? Interpol



Criado em 1983 por um grupo de autores sob o nome de Scotland Yard (não confundir com o nosso Scotland Yard), o Interpol chegou ao Brasil ainda nos anos 80 trazido pela GROW.

Nele um jogador é o Mister X e tem como objetivo conseguir escapar depois de um número de rodadas, enquanto os outros jogadores rodam por Londres atrás do meliante.


Componentes do jogo e a tabela de ações do Mister X.

O vilão vai andando incognito pelo tabuleiro, planejando seu percurso numa tabuleta e em determinadas rodadas ele é obrigado a se mostrar.

O legal é esperar o momento em que Mister X dá as caras no tabuleiro para os outros jogadores verem se estão próximos de agarrá-lo ou vão ter que pagar mais passagens para prender o carinha.


Forma inteligente do peão sempre mostar a casa onde ele está.

O sistema de movimentação é bem legal com as fichas de metrô, ônibus e barco com as numerações do tabuleiro e eu posso estar até enganado, mas esse deve ter sido o primeiro jogo cooperativo a aparecer por essas bandas.

A Grow ainda hoje publica o Interpol dando novas caras (inclusive o mapa de Nova York foi introduzido) e mesmo depois dos jogos modernos ele ainda diverte um bocado.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Todo carnaval tem seu fim

Depois de uma semana dedicada as folias carnavalescas, esse blog volta a programação normal com algumas notinhas para vocês.

— A vencedora da 2ª Etapa Brasileira do Campeonato de Catan foi a jovem Nina Sparovek. Aliás tirando um veterano, a mesa final foi só de gente jovem, que venham as outras etapas.


Taí a pequena Nina levando essa etapa.

— Está rolando um crowdfunding para a reimpressão do ótimo Vanuatu. Para quem não conseguiu comprar a primeira leva, taí uma boa oportunidade.

— Com um pouco de atraso, taí para vocês a video-resenha do clássico Puerto Rico. Feita novamente pelos amigos da aBoard Games.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Resultado da Promoção

Acabou o carnaval e como vocês notaram eu estive deveras enrolado com os festejos para poder fazer o sorteio da promoção, mas vamos agora divulgar o ganhador de um jogo Máfia (da Galápagos Jogos) e de um Calendário Lúdico exclusivo aqui do blog.

Antes o gabarito, os nosso mafiosos eram : 01. Don Corleone (O Poderoso Chefão) / 02. Wilson Fisk, "Rei do Crime" (Demolidor) / 03. Tony Gordo (Simpsons) / 04. Flattop Jones (Dick Tracy) / 05. Tony Montana (Scarface)

Agora sem mais enrolação, o grande vencedor foi Daniel Ferreira Caldas.

Mais uma vez obrigado pela participação de todos, e em breve mais promoções aqui no blog para vocês.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Ora et Labora no Spoleto

Jogatina marcada com antecedência tem suas vantagens, você chega, senta, arma o jogo e vamos que vamos. Foi assim ontem com o Ora et Labora lá no Spaghetti.

Dos quatro que estavam certos para jogar só tivemos uma alteração na mesa e ficamos eu, Bouzada, Leandro e Cadu para a partida.


Os monastérios ainda sem novos terrenos.

Uma vez explicada as regras, começamos a jogar com a versão da França (que tem vinho e não tem cerveja).

Ao contrário da minha primeira partida, essa eu investi mais na construção de prédios do que na obtenção de bens, então em algumas vezes tinha que ficar correndo atrás.


O coração do jogo, rondel e mercado de prédios.

Outra coisa que foi diferente foi a utilização dos prédios vizinhos, dessa vez tivemos muito mais gente indo aos monastérios vizinhos atrás de algum benefício.

Mas com uma mesa formada por "bouzadores" de renome a partida demorou mais do que eu imaginava, e no final das contas o Cadu venceu por UM PONTO de diferença pro Bouzada, com o Leandro em terceiro e eu em último.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Rapidinhas de terça

— Mais video-resenhas dos amigos da aBoard Games, depois do vídeo do Kids of Carcassonne, a bola da vez é o pai dele, o clássicão Carcassonne. Vale ver mesmo se você já conhece o jogo (que está na programação da GROW para esse ano).



— A francesa Asmodee anunciou sua grade de lançamentos para 2012, dentre as publicações de editoras como a Repos Production e Matagot os destaques ficam para City of Horror (continuação do divertido Mall of Horror) e o Kemet (sem muita info, mas é da Matagot que costuma fazer bons jogos).

— Outra empresa cheia das novidades é a Queen Games. Muito jogos foram apresentados em Nuremberg e alguns vídeos deles podem ser vistos clicando no link.



— Essa eu ví no blog Jogo Eu do amigo Carlos Abrunhosa, o autor Alain Epron anunciou para Essen desse ano o lançamento de Massilia. Depois do ótimo Vanuatu é bom ficar de olho nesse.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Semana de Promoção : Máfia!!!

Esse fim de semana recebi duas cópias do novo card-game da Galápagos Jogos, o Máfia. Em parceria com a Copag a qualidade das cartinhas não deve nada aos jogos importados, e numa primeira leitura da regra o jogo parece ser bem divertido.



E como o blog é maneiro com os leitores, uma das cópias vai para vocês. Durante a semana (segunda a sexta) vou colocar 5 mafiosos famosos da ficção no twitter do blog, no sábado vocês me enviam a resposta para esse mail, para cada acerto uma entrada no sorteio, só de participar vocês já tem uma entrada.

Segunda-feira (dia 20) eu divulgo o ganhador de uma cópia do Máfia e de um calendário lúdico do blog. Boa sorte e divirtam-se.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Quinta é dia de Spaghetti.


Spaghetti cheio das figurinhas carimbadas ontem.

Ontem rolou jogatina no Spaghetti, cheguei relativamente cedo com o Fel e já tinham mesas de Dark Horse, The Speicherstadt e Citadels.

Nós dois nos juntamos ao Leandro e montamos uma mesa de German Railways.

Esse é um joguinho de compra de ações e trenzinhos. Ao contrário dos outros jogos de mercado, esse é bem menos cruel e mais light, tem uma dose de sorte (que me favoreceu a rodo) mas é bem bacana.


Trenzinhos do German Railways ganhando dinheiro.

Na nossa partida eu acabei ganhando (benditos trenzinhos amarelos), com o Fel em segundo e o Leandro em último.

Mesas reformuladas o Leandro foi com a turma Desbussolada para uma partida de Hansa Teutonica e eu, Fel, Bouzada e Shamou jogamos o Ys.


As áreas do Ys onde pontuamos.

Esse eu tinha jogado a milênios atrás e é um joguinho de controle de área tranquilinho, com doses de cubreagem e gostosinho de jogar.

Depois de uma última rodada tensa, o Bouzada levou a partida uns 3 pontos na minha frente, com o Fel em terceiro e o Shamou em último fechando mais uma jogatina.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Umas boa notinhas.



— A Hidra games divulgou a capa da nova parceria entre eles e o autor Vince Vader. O jogo chama-se Pyramyz e novamente a arte foi do amigo Marcelo Bissoli.

— Terminou hoje a feira de Nuremberg e algumas novidades foram mostradas : vários dice-games (incluindo dois da Alea: Saint Malo e Vegas) e um Ingenious Dice.


Componentes do novo Agricola apresentado.

— Outra novidade da feira foi o Agricola: Die Bauern und das Liebh, um jogo voltado especialmente para 2 jogadores focado mais na criação de animais. Esperamos mais detalhes!

— Está no ar mais uma resenha do pessoal da aBoard Games, dessa vez o jogo escolhido foi o Power Grid, divirtam-se com mais esse.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Resenha : Discworld - Ankh-Morpork



Ano passado fiz uma lista dos jogos de Essen que eu estava com vontade de conhecer, bem, ontem consegui jogar mais um dessa lista no Spaghetti com a partida do Discworld : Ankh-Morpork.

Essa é uma parceria do grande Martin Wallace (Steam, Automobile, Brass) adaptando para os tabuleiros o universo de Discworld de grandes escritores de fantasia británicos Terry Pratchett.


Visão geral de Ankh-Morpork.

No jogo cada jogador tem uma personalidade com um objetivo secreto e tenta através das suas jogadas controlar os distritos da cidade.

A mecânica do jogo é super simples e rápida de ensinar (apesar da fama do Wallace), na sua vez o jogador baixa uma carta dentre as cinco disponíveis na mão, realiza a ação, repõe a mão e vida que segue.


Zoom dos distritos e seu controle de área aplicado.

As ações possíveis é que são a alma do jogo, colocar peças no tabuleiro, matar peças adversárias, construir prédios, puxar eventos, enfim coisas desse tipo que fazem o jogo bem dinâmico.

Eu gostei muito dele, é bem "filler" e com uma duração boa (jogamos em 40 minutos com 3 jogadores), entra naquela categoria de jogos divertidos para se ter na coleção.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Ludo Brasil de cara nova!



A Ludo Brasil número 12 acaba de ficar disponível para download, e em comemoração aos seu primeiro ano de vida muitas mudanças.

A primeira percebe-se logo de cara, a logo ficou mais bonita e moderna e não para por aí, a diagramação deu uma melhorada (ainda não está ideal para quem mexe com isso, mas está melhorando) e os títulos das matérias ficaram mais legais.

Bem, vejam por vocês mesmos e dêem sua opinião, a galera da revista vai ficar feliz em saber o que vocês estão pensando.