Publicidade:

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Resenha : Lords of Waterdeep


A Wizards of the Coast tem lançado uma linha de jogos de tabuleiro utilizando o universo de Dungeons & Dragons, e agora saiu o mais "euro" dessa linha, o Lords of Waterdeep.

Nele somos Lordes (que são escolhidos secretamente no início do jogo) da cidade mais proeminente de Forgotten Realms e como todos os lordes temos como objetivo ser mais poderoso do que nossos adversários.

 Tabuleiro central com todas as áreas que podem ser ativadas.

O jogo basicamente utiliza a mecânica de work-placement e captação de recursos para realizar as quests (que são a alma do jogo). Na sua rodada o jogador coloca uma das suas peças nas áreas do tabuleiro, realiza a ação e se possível completa um dos quests que ele pegou para sí.

Além das áreas fixas do tabuleiro ainda temos outros prédios que vão entrando durante o jogo e que se utilizados dão além do benefício indicado, uns bônus para os donos desses prédios.

 Área de cada jogador, com as quests a serem realizadas e as já executadas.

Temos também cartas de intriga, que são basicamente beneficios para quem jogou e pernada nos outros jogadores. Existem uma série de cartas assim e são extremamente úteis.

No final de 8 rodadas, os jogadores revelam seus lordes para receber os devidos bonus e quem tiver mais pontos ganha o jogo.

O Lords of Waterdeep é rápido, fácil de jogar e com bastante intereção entre os jogadores. Dessa safra da Wizards na minha opinião foi o melhor lançamento.

Um comentário:

Rodrigo Correa (Bullet) disse...

Sem dúvida o melhor lançamento do ano até o momento!