Publicidade:

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Retrospectiva 2011

Ano novo taí e com ele esperamos um mercado mais aquecido, lançamentos nacionais, novos jogos vindo de fora, um dólar mais baixo, mas em 2011 o que tivemos de mais legal aqui no Brasil?

Essa é uma pequena retrospectiva feita por mim com as 5 que mais me chamaram atenção em 2011. Vamos a elas :

1. Colonizadores de Catan pela GROW

Nada mais justo que começar a minha lista com o lançamento que mais mexeu com jogadores, designers e empresas aqui no Brasil.

Com a chegada do Catan nas lojas brasileiras tivemos aquela sensação de que finalmente estamos inseridos no mercado dos jogos modernos (mesmo com 15 anos de atraso).


Catan, o carro chefe das novidades em 2011.

2. ABRIN 2011

Foi a minha primeira ida a feira e justamente no ano em que se viu bastante coisa nova saindo. Tivemos além do já citado Catan lançamentos da Tóia, Game Office, Pais & Filhos, Ludens Spirit entre outras.

3. Lançamentos Nacionais

Esse foi outro grande destaque de 2011. Quantos jogos novos sairam esse ano! Tivemos gente competente arregaçando as mangas e botando no mercado jogos bastante interessantes e alguns deles chamando atenção inclusive para o mercado europeu.


Galaxia SA na ABRIN representando os lançamentos "indie".

4. Ludo Brasil Magazine

Como foi bom vermos novamente uma revista digital sobre jogos de tabuleiro sendo realizada aqui no Brasil. Ficamos órfãos da Strategos e por muito tempo deixamos de ter uma referência como essa.

Agora depois de 10 edições a Ludo tem respaldo, está trazendo sempre ótimas matérias e está cada vez melhor e em breve vai comemorar seu primeiro (de muitos) ano de vida.


Algumas capas da Ludo Brasil Magazine.

5. Novos (e alguns carimbados) autores

Vou tentar citar todos mas se eu esquecer alguém por favor não sinta-se ofendido, é por que realmente esse ano vários amigos conseguiram colocar nas ruas seus trabalhos, então as vezes não dá para lembrar de todo mundo.

Meus parabéns a : Antonio Marcelo, Flávio Jandorno, Gustavo Nascimento, Marco Macri, Vince Vader, Eduardo Jacober, Renato Sasdelli, André Zatz, Sérgio Halaban.

Esses foram meus 5 destaques de 2011 aqui em terras brasilis, claro que não posso deixar de citar os eventos que continuam a divulgar o hobby, os novos blogs e sites que ajudam nessa tarefa também. E amanhã os 5 destaques internacionais.

2 comentários:

Reynaldo disse...

Mas que dólar baixo, é preciso brigar pela redução de impostos. O pessoal dos video games já teve algumas conquistas.

Os gamers dos jogos de tabuleiros podem também aproveitar o embalo e conquistar estas reduções também.

Cacá disse...

Fala Reynaldo... Acho que ao contrário do video-games, os jogos de tabuleiro ainda tem uma representatividade muito pequena...

Eles entram na casa dos "brinquedos", e aí você mexe com uma galera que não vai querer ver seu monopólio ameaçado...

Ouvi histórias sinistras durante a ABRIN desse ano... hehehehe...