Publicidade:

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Retrospectiva 2011 (parte 2)

Ontem falei sobre as 5 coisas mais legais que aconteceram em 2011 aqui no Brasil, hoje vou tentar fazer a mesma coisa só que com o mercado lá fora.

1. O ano de Stefan Feld

Ele já vinha se firmando como um dos grandes autores da atualidade, mas em 2011 ele conseguiu lançar 3 jogos acima da média : The Castle of Burgundy, Strasbourg e Trajan são a prova de que ele ainda vai nos brindar com muita coisa boa.


Trajan, uma das pérolas do Feld lançadas em Esse 2011.

2. Fantasy Flight

Nesse ano eles conseguiram chamar a atenção de várias maneiras. Além de lançarem uma PENCA de jogos e expansões novas ainda entraram num esquema de relançamentos poderosos e como isso não bastasse assinaram com a marca Star Wars para a sua série de Living Card Games. 2012 que os aguarde!



3. O fenômendo Kick Starter

Esse foi também o ano em que o Kick Starter virou uma das plataformas prediletas para arrecadar fundos para os jogos. Até editoras grandes (como a Eagle Games) está usando o sistema de "crowdfunding" para tirar um trocado dos jogadores e assim garantir seus lançamentos.

O chato é esperar meses para receber as paradas (eu ainda estou esperando meu Glory to Rome).


D-Day Dice, 171 mil dólares arrecadados num jogo de dados!

4. Essen 2011

Pode ter sido coincidência ou uma tendência, mas de todos os jogos que eu joguei da safra dessa Essen uns poucos eu achei bom/fraco a grande maioria foram grandes jogos ou excelentes jogos.

E não é só minha opinião não, da galera aqui do Rio que trouxe pra mais de 50 jogos de lá a maioria deles também é da opinião que esse ano a feira se superou em matéria de bons lançamentos.

5. Jogos de tabuleiro, agora no seu iCoiso

Em 2011 tivemos uma enxurrada de boas versões para mídias digitais. Muita coisa boa pode ser jogada agora direto dessas plataformas integrando modernidade ao mundo dos tabuleiros.


Agora dá pra jogar Puerto Rico no iPad e afins.

Eu confesso que ainda prefiro uma boa mesa com os amigos ao vivo, mas essa pode ser uma boa alternativa para quem está com a vida super atribulada e só consegue parar para jogar entre uma reunião e outra.

E é isso, talvez a galera que passa por aqui tenha notado outros destaques em 2011, mas essa foi uma visão bem pessoal do ano que passou.

Agora é torcer para um 2012 com muita coisa boa nova... e muita jogatina!

Um comentário:

jp_limac disse...

Bela retrospectiva! Na espera do Trajan alcançar o mercado para dar uma conferida no mesmo!

Um abraço, e um excelente Ano Novo!