Publicidade:

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Notinhas pós-natal!

— O Eric Martin, responsável pelo Board Game News anunciou a fusão do site com o Board Game Geek. À partir de janeiro teremos dentro do BGG um canal de informações com o "selo" do Board Game News.



— Sairam os vencedores do JoTa desse ano. O blog GANHOU!!!! Ficamos com o prêmio de Melhor Canal Eletrônico em PT/BR tanto pela crítica quanto pelo público. Valeu mesmo aos que votaram, e como agradecimento em janeiro tem sorteio!!!!!!!

— Fazendo uma retrospectiva de 2010, em matéria de inovações tivemos poucas coisas realmente surpreendentes, mas a movimentação lúdica nacional foi uma das maiores. Votação expressiva no JoTa, eventos pipocando pelo país, matérias em jornais, a Ludus com tudo e a FunBox entrando em cena. Temos excelentes perspectivas para 2011.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Sáb. 18 - Castelo das Peças


Como sempre, casa cheia.

Esse sábado aconteceu a última edição do ano do Castelo das Peças, e como não podia deixar de ser o evento foi um sucesso, mesmo concorrendo diretamente com a praia de copa (alí bem do lado).

Figurinhas carimbadas em peso e muitas caras novas prestigiando e jogando o que há de mais novo em jogos de tabuleiro. Nas mesas tínhamos clássicos e novidades fresquinhas.

Entre os destaques umas duas mesas do Cadwallon, a mesa que durou todo o horário do Castelo com o novo Civilization e várias de jogos mais light como o It Happens, Bang entre outros.


Groo, Filipe e Zombie na minha mesa de Khan.

Eu estreei o Khan, jogo de tile placement interessante, mas mais leve do que eu esperava, não é um jogo ruim, mas também não traz nada de novo.

Outro que eu nunca tinha jogado e que tive a oportunidade de jogar foi o San Marco. Esse bem mais interessante e apesar de não ser nenhuma novidade (ele é de 2001) tem mecânicas até bem diferentes das que vimos por aí o tempo todo, num jogo de controle de área bem legal.


O pessoal jogando Civilization e o Charon Inc.

No mais joguei alguns outros fillers para dar umas risadas com o povo. No final o Shamou sorteou alguns jogos para os participantes como ele tem feito nas últimas edições e dessa vez eu consegui até ganhar unzinho (o Academia da GROW).

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Notinhas de quinta-feira

— A Alea divulgou que depois de 5 jogos seguidos feitos pelo Stefan Feld o número 15 da coleção vai se chamar König Artus und die Tafelrunde e será criação da dupla Wolfgang Kramer / Michael Kiesling. Maiores detalhes em breve.

— O site Board Game News ainda está com problemas e está fora do ar. A previsão de volta deles é para janeiro de 2011. Para quem quiser maiores informações do acontecido, é só clicar no link.



— Esse sábado tem o último Castelo das Peças do ano. Além das atrações habituais teremos recolhimento de brinquedos para doação e sorteio de jogos entre os participantes.

— Essa semana também é a última oportunidade de votar no prêmio JoTa. Se você ainda não deu aquela forcinha para o blog não deixe de votar.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

2ª Joga dos Amigos

Esse último sábado rolou a segunda edição da Joga dos Amigos, que é um evento lá no salão de festas do meu prédio esquema "invitation only", e que a cada edição entram mais nomes na seleta lista (heheheheh).


Zé, Betume e patroa jogando o A La Carte.

Mesmo com o calor desgraçado que vez a presença foi boa, mais de 20 cabeças apareceram por lá e os últimos sairam de lá depois de uma da matina (a turma que dormiu no sofá quando chegou em casa).

Nas mesas rolaram muitas coisas boas, tivemos novidades como London, Alien Frontiers, Inca Empire e Settlers of America, algums clássicos como Samurai, A La Carte, Gipf's e Rise of Empires. Enfim, muita coisa boa durante todo dia.


Victor, Rômulo, Leandro e Bouzada na mesa do Rise of Empires.

Eu tive a oportunidade de conhecer 4 jogos : Albion, Infinite City, Shit Happens e o Inca Empire, além da partida "final de festa" de Rise of Empires.

O saldo foi bem positivo, e acredito que lá pra março ou abril tenhamos outra edição, mas dessa vez vou ser mais comedido nos comes e bebes, pois vou ficar tomando picolé pelos próximos 2 meses (hehehehehe).

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Vício dentro do vício (ou porque não nos contentamos só com o básico)

Essa semana chegaram na minha casa os dois mais novos decks do Agricola (o Gamers e o Legen*Dairy), aí eu resolvi escrever esse post sobre essa veia doente que nos fazem ter coleções dentro das coleções.

Acho normal gostarmos de um determinado jogo, mas os gamers não ficam contentes só com isso, querem mais e mais!


Minha coleção do Memoir'44 (depois da foto entraram mais coisas).

No meu caso além do Agricola, outros "vícios" são o do Memoir '44, HeroScape e Small World, que apesar de não serem jogos colecionáveis, tem infindáveis "coisas para se comprar". Qualquer jogador normal ficaria super feliz em ter o jogo base do Small World, mas não, precisamos comprar todas as traquitanas que aparecem dele.


A caixa do Runebound socada de cartas das expansões. Foto BGG.

Outros exemplos são os jogos da Fantasy Flight (a maior fábrica de fazer dinheiro com expansões). Se você é fã do Runebound, Talisman, Arkham Horror você com certeza vai gastar os tubos para ter a coleção completa (já viram TODAS as minis dos detetives do Arkham?).

Enfim, isso move toda a indústria e faz com que a gente tenha jogos sempre renovados (afinal, agora eu tenho um zumbi e um werewolf no meu Agricola), mas convenhamos, a gente precisa de tratamento (ou se tudo der errado, expansões novas para os nosso joguinhos).

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Resenha : Asara



Asara é o mais novo jogo da dupla Wolfgang Kramer e Michael Kiesling, mesma dupla responsável por alguns clássicos como a trilogia das máscaras e Maharaja.

Nesse jogo, diferente da assinatura da dupla, não temos um jogo de controle de áerea e sim uma nova apresentação para a mecânica de work-placement.

No Asara temos como objetivo sermos os arquitetos que mais constroem e para isso temos que ir para o mercado comprar material para erguemos nossas torres mais altas e mais chamativas que a dos nossos concorrentes.


O bonito tabuleiro central com seus mercados.

Para isso temos um tabuleiro central (com uma arte caprichada do Franz Vohwinkel) onde são dispostos os mercados e a área para pagarmos pela construção.

Na hora das compras é que a dupla mostra o seu diferencial, ao invés de usarmos pecinhas para os trabalhadores, temos um deck com 5 cores e a primeira cor usada em cada mercado os outros jogadores tem que seguir aquela cor (ou usar dois trabalhadores quaisquer para compensar).


Close no mercado dos "topos" das torres.

Depois disso vamos a montagem das torres propriamente dita, onde colocamos a base, miolo, janelas e topo e essas construções são o que vão dar ponto no final dos quatro turnos de jogo e uma pontuação final para determinar que vence.

Como saldo final temos um jogo enxuto, leve (mas não bobo), que flui muito rápido, tranquilo de explicar e com boa rejogabilidade. Mais um ponto para a dupla.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Notinhas de quarta-feira


Screen-shot do M'44 Online. Entrem e divirtam-se

— Está no ar a versão beta do Memoir'44 Online, e a Days of Wonder está chamando todo mundo pra jogar. A interface é muito boa e intuitiva, os cenários básicos estão todos disponíveis e tem tido bastante gente jogando sempre. Super recomendo, e se virem o "drgrayrock" por lá podem me chamar para uma partida.

— Esse mês os eventos aqui no Rio vão ser bem próximos, então anotem aí nas agendas. Torre agora dia 4 e Castelo no dia 18, depois só em 2011.


Galera na edição de novembro do Castelo. Foto Zombie.

— E por falar em final de ano, até o fim dessa semana será anunciada a última Math-trade do ano, se você tá com algum joguinho encalhado ou um troquinho para "se dar" um presente, segura que a oportunidade é essa.

— Faltam só 11 dias para terminarem as votações para o Prêmio JoTa, então galera, dá aquela forcinha pro blog.