Publicidade:

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Sáb. 26 - Castelo das Peças


Nem precisa dizer que a edição foi um sucesso. Foto Castelo.

Sabado rolou a edição de junho do Castelo das Peças, e a 32º edição contou com a presença de mais de 60 pessoas que encheram o salão e puderam além dos jogos assistir pelo telão aos jogos da Copa do Mundo.

Dos destaques tivemos umas três partidas do Fresko, um jogo bem interessante visualmente, mas que eu ainda não tive a oportunidade de conhecer. Outras mesas recorrentes no Castelo agora são as Warhammer 40K, Axis & Allies Minis e Star Wars Minis, no próximo já monto meu recém adquirido Heroscape pra dar uma valorizada na vertente das miniaturas.


O bonito Fresko (esquisito isso) sendo jogado. Foto Castelo.

As minhas partidas foram interessantes, joguei um Stone Age (onde fiquei atrás do Fel e isso pra mim é praticamente uma vitória), depois tentamos um Vox Populi, jogo fraco mas que pelo menos passa rápido, um Thunderstone (partida medíocre que fiquei em último) e para finalizar estreei meu Traumfabrik.


Eu e o Durval na partida de Thunderstone. Foto Castelo.

Julho promete ser um mês animado com o Campeonato de Catan e quem sabe com a volta do Campo de Batalha das Peças (em fase de negociação).

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Qui. 24 - Spaguetti das Peças

Casa cheia, galera animada e bons jogos rolando. Dessa tivemos uma mesa "non-stop" de Antiquity só com lendas do jogo (Bouzada, Victor, Warny e Gonzalez) e uma que não chegou a terninar de After the Flood (com Caldas, Otávio e outro amigo deles).


A mesona do Antiquity, jogão que durou a noite toda.

Eu puxei um Diamonds Club com o Zé, Carlão e Groo. Esse é um bom joguinho de "set-collection" com um sistema de seleção de ações muito interessante, fora que é visualmente muito bonito.

Na nossa partida o Zé tomou a dianteira e não largou mais, sendo ele próprio a disparar o final do jogo. Resultado Zé em primeiro, Carlão em segundo seguido por mim e Groo.


Mercado no Diamonds Club, jogo bem bonito e bacana.

Depois disso o Léo Rossi (que já tinha jogado um DVONN com o Filipe) entrou no lugar do Carlão na mesa e o Felipe se juntou a nós para jogarmos um Caylus.

Esse é um jogo estilo "ame ou odeie", ele é o "pai" do work-placement, mas é também um dos mais chatos nesse estilo, um jogo super bem sacado, mas que serve para você perder 3 horas da sua vida.


Zé, Groo e Léo Rossi durante a explicação do Caylus.

O Groo disparou na frente durante o jogo e o resto do povo foi tentando correr atrás. O Léo (que é fã do Caylus) conseguiu uma recuperação impressionante e perdeu por um ponto, seguido pelo Felipe em terceiro, eu em quarto e o Zé em último.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Respostas da HASBRO



Lembram da promoção feita onde os leitores faziam suas perguntas a HASBRO? Pois é, chegaram as respostas. Como muitas perguntas ficaram parecidas não vou colocar o nome de quem as fez, mas gostaria de agradecer a todos que participaram e já adianto que quem espera respostar esclarecedoras podem ficar um pouco decepcionados (como eu fiquei).

EatJ? A HASBRO chegou ao Brasil com a difícil tarefa de dar uma mexida no mercado de jogos de tabuleiro que anda estagnada. Quais as pretensões da marca e qual a expectativa quanto ao mercado nacional?

H: O brasileiro sempre jogou tabuleiros e sempre teve muito interesse nesse assunto.
Muito antes de chegarmos, a HASBRO™ já oferecia uma grande variedade de marcas e produtos que já fazem parte da vida da família brasileira, como MONOPOLY®, RISK®, THE GAME OF LIFE™, CLUE®, TWISTER®.
MONOPOLY® é um jogo que tem 75 anos, RISK® completou 50 anos em 2009, temos jogos que atravessam as gerações.
Então viemos ao Brasil com a intenção estimular o crescimento do mercado de jogos e trazer tabuleiros clássicos e conhecidos do mundo todo em versões mais modernas e de alta qualidade, além de apostar na inovação em novos conceitos de jogos.


Heroscape nacional? Não por enquanto. Foto BGG.

EatJ? Existe a possibilidade de trazer jogos da linha da Avalon Hill (Robot Rally, Acquire, Vegas Showdown entre outros)? A Linha Heroscape está nos planos para o Brasil? Há a previsão de lançar no Brasil o Axis and Allies?

H: Podemos responder essas questões juntas.
Isso porque há interesse em trazer jogos clássicos lá fora para o Brasil. Porém, não podemos abrir ainda quais são eles por conta de negociações e estratégias que possam ser prejudicadas. Mas fique ligado, a HASBRO™ vai trazer, sim, muitas novidades.

EatJ? Após o lançamento do RISK, quais são os planos para as versões temáticas (como o God Storm, 2210, Transformers, Star War entre outros) aqui?

H: Ainda não temos previsão de quando esses tabuleiros temáticos chegarão ao Brasil. Temos planejado para 2010, as novas versões temáticas de MONOPOLY®: MONOPOLY® Brasil (feita com a ajuda do brasileiro através da votação) e MONOPOLY® Disney. Além disso, também teremos o OPERANDO™ Buzz LIGHTYEAR, inspirado no personagem de Toy Story 3, filme que estreia este mês por aqui.

EatJ? A HASBRO já cogitou a possibilidade de fusão com alguma das grandes fabricantes de euro games (Mayfair, Days of Wonder, Rio Grande, etc.)? Caso positivo, qual o posicionamento a respeito?

H: A HASBRO™ não fala sobre esse assunto.


RISK's diferentes no Brasil? Ainda não. Foto BGG.

EatJ? Hoje, além dos jogos com a marca HASBRO e o nome original (Monopoly, Clue, etc.), também é possível encontrar versões nacionais, com novas artes e sem indicar que são versões nacionais de tais jogos (como Banco Imobiliário, Detetive, etc.). Como a HASBRO encara o fato de seus antigos parceiros continuarem publicando os jogos que antes eram licenciados?

H: A HASBRO™ não fala sobre a concorrência.

EatJ? Tendo em vista a enorme linha de jogos de tabuleiro produzidos pela HASBRO em outros países, gostaria de saber por que a empresa não arrisca a produção e comercialização de jogos com miniaturas?

H: A HASBRO™ não fala sobre esse assunto.


Novas versões do Monopoly? São as apostas para 2010!!!. Foto BGG.

EatJ? Depois dos lançamentos do Monopoly Deal e do Boggle Slam, gostaria de perguntar quando sairá aqui no Brasil a versão em cartas do clássico e divertido Clue? Pois além de um novo cenário, a versão é mais acessível e menor.

H: Ainda não temos uma previsão para a vinda de CLUE®. Além de MONOPOLY® Deal e Boggle Slam®, lançamos aqui no Brasil a versão em cartas para Pictureka! ® e, em breve, teremos outra novidade no segmento, o lançamento do ROOK® - Jogo da Aposta.


E para criançada, novo Operando Buzz Lightyear. Foto BGG.

EatJ? Gostaria de perguntar quais serão as apostas de jogos para 2010?

H: Teremos muitos lançamentos em 2010, tanto tabuleiros quanto cartas. Traremos novos jogos como os clássicos em novas versões.
Para esse ano, as grandes apostas são o Rubiks, o MONOPOLY® Brasil e o MONOPOLY® Cartão Eletrônico e Adivinha Quem? Edição Especial.

domingo, 20 de junho de 2010

Sáb. 19 - Torre das Peças


O evento não estava dos mais cheios, mas tava animado. Foto Zombie.

Véspera de jogo da seleção com jogatina é sempre uma diversão, ainda mais com a volta da Torre depois de um hiato de dois meses praticamente.

O evento não foi dos mais cheios, mas estava animado e com mesas muito boas. Quando eu cheguei rolavam uma partida de Kingsburg e outra de Vikings.

Como os amigos Caldas e Rômulo estavam na "de fora" pegamos um Arkadia que é um jogo que eu gosto muito ( já inclusive fiz resenha dele) e não jogava a muito tempo.


Eu, Rômulo e Caldas jogando Arkadia. Foto Zombie.

Como eu era quem conhecia o jogo acabei ganhando, com o Rômulo em segundo seguido do Caldas, ambos ficaram com boa impressão do jogo.

Depois disso as mesas se rearmaram e eu fui para uma partida de Deadlands com o Cristiano, Leandro Zombie, Rômulo e Groo.

Esse é mais uma das criações da Twilight Creations, que é famosa pelos jogos de monstros e zumbis.


A galera decifrando o Deadlands (tô cada vez mais careca). Foto Zombie.

Esse jogo é bem nessa linha, mas ambientado no velho-oeste, as regras como eram de se esperar, são bem confusas e dúbias, dando margens a várias interpretações. Mas o que mais me irrita nesses jogos são o excesso de detalhes que tranformam um jogo que tem uma idéia interessante numa experiência "sem-fim".

Acabei ganhando, mas confesso que achei o jogo bem fraquinho, talvez dê uma chance pra ele mais tarde (com algumas house-rules incorporadas).

Tomara que não demore para acontecer uma nova edição da Torre das Peças, pois é um evento com uma cara diferente do Castelo e que por ter mais tempo de jogo acaba dando para além de jogar mais, optar por jogos mais longos (e pra quem curte é um prato cheio).

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Já se inscreveu no Campeonato de Catan??

Fala povo, estava conversando com a organização da etapa brasileira do torneio de Catan e foi me dito que as inscrições estão bem abaixo do esperado.

Quando rolou o campeonato de Monopoly ano passado muita gente reclamou e disse que se fosse um torneio de jogo "euro" se animaria mais. Então, taí a oportunidade de jogar um campeonato "euro", com chances de ganhar uma passagem para a finalíssima na Alemanha.



Vamos lá galera animação, a organização ainda conseguiu uma bolsa do curso Goethe de lingua alemã para ser sorteado entre os participantes.

Tá na hora de mostrar que o mercado nacional tem abertura para esse tipo de iniciativa e mais ainda, que temos gente suficiente para que valha a pena trazer os jogos modernos para o Brasil.

As inscrições são feitas nesse link.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Qui. 10 - Inauguração do Spaguetti das Peças

Ontem foi o "marco-zero" do novo evento semanal aqui no Rio, rolou a edição número zero do Spaguetti das Peças.

Agora toda quinta-feira vai rolar essa jogatina no Spoletto da Rua Real Grandeza, 212 (Botafogo) e a princípio rola das 18:00h até 1:00h, e ontem tivemos 3 mesas funcionando.


Victor e Warny numa mesa de Puerto Rico.

Quando eu cheguei o Victor já jogava uma partida de Perry Rhodan com o Fel, depois de devidamente alimentado eu comecei a movimentação para abrir uma mesa de Liberté com o Caldas, Bouzada e o Otávio.

Liberté é daqueles jogos que eu sempre quis jogar, tinha na minha estante a um tempão e só agora viu mesa.

O jogo é uma disputa política na França durante a revolução. A mecânica é basicamente controle de área, mas com uma sagacidade digna dos melhores trabalhos do Martin Wallace.


O tabuleiro cheio no Liberté.

Uma rápida pincelada nas regras. O jogo é dividido em 4 turnos, nesses turnos temos 4 fases distintas, onde as duas primeiras e a última são de manutenção e a terceira é aonde tudo acontece, são as tomadas de ação. Terminados os 4 turnos quem estiver com mais pontos de vitória ganha o jogo, mas existem duas condições de término de jogo que podem mudar isso tudo.

Na nossa partida aconteceu exatamente isso, o Bouzada estava bem na pontuação, quase dando uma volta no útlimo, mas no último turno começou uma corrida para as duas condições de vitória que tirariam a partida do Bouzada. No final os vermelhos conseguiram uma votação expressiva e dispararam o final de jogo, nessa o Otávio levou, eu fiquei em segundo, o Bouzada em terceiro e o Caldas em quarto.


Felipe e Daniel jogando GO.

Jogão, com uma curva de aprendizado alta e uma rejogabilidade muito boa, e mesmo sendo um jogo "cabeçudo" ele não é dos mais demorados, a partida deve ter durado umas 3h.

Ainda rolaram mesas de Puerto Rico e GO. Agora é encher a casa todas as quintas, por que o ambiente é ótimo e as jogas semanais do Rio só tem a ganhar.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Promoção : E aí, tem jogo? na copa!!! ÚLTIMA SEMANA



Fala povo, na quinta-feira encerro os palpites da promoção. Quem deu seu chute tá na briga!

Já tem muita gente participando, mas ainda dá tempo de quem sabe ganhar um dos 11 "craques" da seleção dos Board-games. Tá esperando o que???

terça-feira, 1 de junho de 2010

Rapidinhas de quarta-feira

— Sairam os indicados ao Spiel des Jahres 2010. Para quem não se ligou, essa é a premiação mais conhecida dos jogos de tabuleiro e já premiou grandes jogos como El Grande, Catan e Dominion.

Esse ano concorrem ao prêmio principal: Fresko, A la Carte, Dixit, Identik e Roll Through the Ages. Na minha opinião Dixit leva fácil.



— Sairam maiores informações sobre o primeiro campeonato brasileiro de Catan (que vai dar um vaga para a grande final na Alemanha). Serão duas etapas, uma no Rio (17 e 18/07) e São Paulo (24 e 25/07) e as inscrições começam agora em junho.