Publicidade:

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Etapa carioca do Campeonato de Catan

Devido a uma série compromissos exatemente nesse fim-de-semana, não pude comparecer a etapa carioca, o que foi uma pena por uma série de motivos, inclusive os de rever a amiga Lucy (da Ludus) e conhecer a Adriane (que fez questão de me ligar os dois dias para tentar me levar para o SESC).

Com isso, fica a resenha gentilmente escrita pelo amigo Fel para a galera ver como foi o torneio. Deixo aqui meus parabéns para os classificados, e desejo sucesso para etapa de São Paulo.

E para os interessados o Fel fez no seu blog um artigo muito interessante sobre dicas e táticas para os jogadores de Catan.

Aconteceu no último final de semana, a seletiva carioca de Settlers of Catan e a despeito da reclamação dos gamers de plantão, não tivemos nenhum desconhecido entre os 7 primeiros possíveis classificados para a grande final em São Paulo.

O primeiro lugar ficou com o Luiz, um gamer (daqueles que jogam Agricola e batem cabeça com Die Macher), jogador assíduo de Catan e que treinou bastante durante o evento. Tive o prazer de jogar com ele durante a última mesa e percebi que ele tinha bastante noção do que está fazendo.

O 2º lugar foi o Thiago, também com 3 vitórias, e também jogador assíduo de Catan. Completaram o top 6, o Warny, o Camilo, Rodrigo Ramos e o Marcos que ganhou duas partidas e meia (a então 3ª vitória foi esquecida de ser anunciada, que o colocaria em 3º). O 7º possível colocado é o Pedro que treinava junto com o Luiz. Completando o top 10, a Oona (também do grupo do Luiz), o Lucas Abbondatti (do clã dos Abondatti) e eu.

Jogamos com uma edição (nova?) da Devir com peças de plástico (no estilo das peças da última edição da Kosmos) o que me surpreendeu positivamente, pois não esperava essa qualidade para uma produção deles, especialmente para as cartas.

A logística ficou por conta da turma da Ludus (sempre show de bola, dessa vez a Lucy e os filhos, além do Danilo) que levou tudo numa boa. Infelizmente (e aí não é culpa deles) o torneio lá na Alemanha será com dois settlements ao invés da conhecida regra de começar com uma cidade como 2ª alocação o que acabou atrasando a partida (e gerando piadas, fui a última mesa em 3 das 4 vezes que joguei).

Sem dúvida algum os dois grandes destaques da festa foram conhecer esses novos gamers (Grupo do Luiz, Clã dos Abbondatti e os demais que apareceram de pará-quedas) e é claro, o clima amistoso durante as partidas. Apesar de ser um campeonato e das tradicionais malcriações do Camilo, o fairplay imperou durante todo o torneio, assim como o clima de camaradagem (e sacanagem) que domina o cenário carioca. Além disso, tivemos a oportunidade de conhecer a simpatissíma Adriane , representante da Kosmos, recebeu todo mundo muito bem e foi um grande prazer conhecê-la!

Finalmente os destaques individuais da festa ficaram por conta do Warny e sua misteriosa dor nas costas pós-outback. O Shamou que ficou em último. As malcriações do Camilo. A estratégia do Lúcio para desestabilizar o Camilo. O Rômulo que levou o Catan da Devir depois de encher os cornos e ser o último a chegar. A minha vitória jedi depois do rapaz ter 10 pontos. A coça que o Caldas tomou do filho da Lucy na última partida. O Groo querendo programar trocas para a mesa seguinte. E a habilidade do Flávio de usar o ladrão. É claro que vale notar também, a presença desportiva do Wykthor que fez 0-4 , odeia Catan mas jogou até o final.

Para fechar, quero parabenizar aos 26 participantes (mais juízes/organizadores) pela incrível disposição física de subir 7 andares de escada nos dois dias já que o elevador estava quebrado!

Um comentário:

Leandro Zombie disse...

Parabéns aos Classificados que representarão o Rio, à galera da Ludus e, principalmente, à Adriane por toda a organização.

Mas convenhamos que Fel e Warny como classificados não foi nenhuma surpresa. heheheh

ABrax