sexta-feira, 14 de maio de 2010

Resenha : Cyclades

Ontem rolou um "Shamouzão" e tivemos uma mesa com Runewars e eu joguei mais uma partida de Cyclades com o Groo e o Filipe. A partida foi boa pra caramba, pegada até o final e decidida nos detalhes do último leilão dos deuses.

Depois da segunda partida decididamente o Cyclades entra no seleto patamar de jogões e vale uma resenha mais detalhada, então taí para vocês.



Essa é a mais recente criação da dupla Bruno Cathala e Ludovic Maublanc (mesma dupla de Mr. Jack e Dice Town) e tem o padrão de produção da Matagot (Giants, Khronos e Utopia).

No Cyclades os jogadores lutam para, através de favores dos deuses, conseguir evoluir com as suas civilizações e serem os primeiros a construir duas metrópolis.


Mapa modular, aí na configuração para 2 ou 3 jogadores. Foto BGG.

Para isso contam com Zeus, Athena, Ares, Poseidon e Apollo cada um com uma característica diferente e é claro com a ajuda de criaturas mitológicas como Medusa, Cíclope, Leviatã entre outras.

A mecânica do jogo é muito simples de explicar. No início de cada rodada abrimos uma carta de criatura (ficam sempre três disponíveis), sorteamos a ordem dos deuses (exceto Apollo que é sempre o último) e fazemos um leilão para saber com que deus cada jogador irá jogar naquela rodada e realizamos as ações na ordem. Simples assim.

Os combates são bem resolvidos (número de tropas + variantes + dado quem tirar o maior leva se empatar os dois perdem unidades) e as ações de movimentação foram feitas de forma bem inteligente.


As 5 criaturas (pintadas posteriormente). Foto BGG.

Os componentes são um destaque à parte. Além de cada civilização ser representada com miniaturas diferente ainda temos 5 criaturas fixas que são lindas (apesar de as vezes nem aparecerem no mapa).

Resultado, um jogo muito bom, estratégico, bonito com alta rejogabilidade e simples de explicar. Vai agradar aos gamers e aos jogadores novatos.

— — — — — — — — — — — — — —



Depois que eu entrei no esquema "comprar pra vender" nunca mais coloquei nada de novidades que chegam lá em casa justamente por não saber o que realmente vai ficar na prateleira.

Mas acho que desse apanhado dos últimos 5 meses nenhum deve ir embora por algum tempo.

o RISK 2210, Warcraft, Pueblo e Dread Pirates eu peguei em Math-trades internacionais, dos 4 eu ainda não joguei o Dread Pirates (que eu recebi ontem), mas desse eu não me desfaço mesmo que seja ruim pois é com certeza o jogo mais bonito que eu tenho agora.

O RISK foi dado pelo pessoal da Hasbro para fazer uma resenha (coisa que eu farei em breve). Chaos, Dungeon Lords e o Abalone (que esqueci de fotografar) foram presentes de aniversário.

8 comentários:

Jesse James disse...

Fala ae Cacá...

O Cyclades está sendo muito bem comentado, o meu chegou ontem e vou tentar coloca-lo hj na mesa para jogar. Jogos desse tipo eu já sou pré diposto a gostar: tema bacana, componentes de qualidade e boa rejogabilidade.

Abs

Felipe disse...

Cyclades é o meu must
have 01!

Tô curioso pra ver o Dread Pirate de tanto q c fala dele :p

Quanto ao WC, tem q pegar o TFT!

Edu disse...

Fala Cacá,

Já jogou o Risk? To pensando em comprar pra jogar com meus primos, relembrar os velhos tempos de war.

abs

Cacá disse...

Fala Jesse > Tem que jogar mesmo Cyclades... fodão...

Fala Felipe > O Dread Pirate é lindo, vou levar no Castelo para mostrar ao povo...

Quanto ao Warcraft não entendi o TFT... :P

Fala Edu > Ainda não joguei o RISK, mas já lí as regras, cara, vale muito a pena, inovações bem bacanas... e não sei aí em SP, mas por aqui cê acha ele a 39,90...

Abraços aos amigos...

Andre Lucato disse...

Opa Caca,

Po, bom ouvir mais opinioes sobre o Cyclades. Ele esta na minha lista faz um tempao mas apos o review na Dice Tower ficou esgotado em um monte de lugar.
Mas voltando as lojas quero compra-lo.
Parece ser bem tenso e divertido alem de tudo. A tematica me agrada bastante.

Abracos

Rodrigo disse...

Opa Cacá,

Tenho acompanhado seu blog algumas vezes, mas faz pouco tempo.
Gostaria de saber como você adquire os jogos.

Abraço!

Cacá disse...

Fala Rodrigo...

Cara, você tem algumas opções.. Pode importar direto lá de fora... Ir nos classificados da Ilha do Tabuleiro ou aproveitar os leilões que volta e meia aparecem...

Inclusive tem um rolando nesse endereço : http://www.geekdo.com/geeklist/54935/

Abraços...

Rodrigo disse...

Opa!

Valeu por isso! Não conhecia o leilão.. ilha do tabuleiro sim e importar tem todo o problema do frete ser um absurdo e o imposto ridículo.. não conheço alguém para importar de alguma maneira mais barata.

Vamos ver o que consigo aqui pelo Brasilzão.

Abraço!