Publicidade:

quarta-feira, 3 de março de 2010

Resenha : Heart of Africa

Sabe quando você compra um jogo por que ele tá barato, mesmo que você não saiba muito à respeito. Pois é, isso acontece muito pois compramos fora do país e para completar um pacote acabamos escolhendo um ou dois títulos pelo preço.



Bem, fica então a esperança do jogo ser no mínimo interessante. É aí que começamos a nossa história com o Heart of Africa. Tivemos a oportunidade de jogá-lo no último Castelo das Peças e que surpresa, um jogo bem interessante com uma mecânica de rodadas deiferente e bem cruel.

Ele é um jogo basicamente de leilão e pontos de ação, onde em cada rodada colocamos a disposição dos jogadores dois tiles que serão sorteados. Essa combinação de tiles dizem quantos pontos temos disponíveis para serem gastos e se teremos alguma ação especial a ser realizada.


A tabela de influência e valor dos produtos. Foto BGG.

O cruel é que apenas o jogador que ganhar o leilão joga naquele turno, enquanto os outros dividem os pontos gastos na compra dos tiles.

Gastos os pontos de ação o jogador marca seus pontos de vitória, novos tiles são apresentados e um novo turno começa. Quando chegamos a uma determinada quantidade o jogo acaba e é isso.


Excelente produção da Phalanx. Foto BGG.

O jogo apresenta outras coisas interessantes como conflitos (tanto entre jogadores como com os habitantes locais), áreas do mapa que pontuam mais e o coração da África que pontua mais que todos os outros.

Apesar das regras muito mal escritas, deixando margens para muitas dúvidas o jogo desenvolve bem e foi uma partida muito bacana. Ponto positivo para os garimpos de saldão.

7 comentários:

soledade disse...

A piada é que eu comprei esse jogo pelo mesmo motivo - barato! Ainda o não experimentei. Agora, depois de lida esta review acho que vou dar-lhe uma oportunidade.

Abç
PS

Cacá disse...

Grande Paulo... Joga sim, mas se prepara por que as regras tem vários "buracos" de interpretação...

O que a gente fez foi usar a lógica nos pontos mais chatos de entender...

Mas o jogo é bacana...

Abraços...

Edu disse...

Opa Cacá, esse é um dos do pacotão da Phalanx que está aqui em casa, sem jogar ainda. Pela resenha, parece ser simples, vou dar uma lida nas regras.

abs

Cacá disse...

Fala Edu... Vale a partida, qualquer dúvida nas regras me acha no msn que a gente conversa...

Abrax,

GamersPoA - Ubiratã Oliveira disse...

Tenho e ainda não joguei..deve ser o típico jogo da Phalanx, aprência perfeita, mas cheio de furos...
veremos em breve por aqui na mesa...assim espero...

Cacá disse...

Fala Bira.... Acho que os grandes problemas da Phalanx são as traduções que acabam não sendo muito claras e a formatação dos manuais, que poderiam ter mais exemplos e tals...

Mas geralmente eles põe na rua jogos bacanas... o Rise of Empires é excelente e eles estão pra relançar o Automobile...

Abraços...

missbutcher disse...

Está parecendo um jogo tipo Industria: você mira na jugular do outro assim que ele compra O seu tile... não sei, não, mas esses jogos me deixam muito nervosa. Acho que nem em war fiquei tão estressada com um jogo (no caso, Industria). Imagino que esse esquema de leilão do Heart of Africa seja parecido.

bj