Publicidade:

domingo, 1 de novembro de 2009

Sab. 31 - Castelo das Peças

Halloween rolando pela cidade, manhã de sol com chuva logo depois do almoço, a boa pedida foi ir para o Castelo das Peças no SESC.

Como estava cheio de tarefas para de manhã (leia-se comprar material de construção para o novo ap.) só tive tempo de ir ao Castelo de tarde, mas foi bem legal assim mesmo e deu pra jogar alguma coisa.


A mesa cada vez mais maneira de Pitch-car.

Como sempre casa cheia, muita mulecada (sentimos falta de mais jogos da Haba para apresentar aos mais novinhos) e 3 salas ocupadas com jogos de tabuleiro, pois a galera do Warhammer dessa vez não pintou.

Rolou de tudo um pouco nas muitas mesas. Tivemos entre as novidades Endeavor e Ad Astra, as mesas non-stop de Loopin' Louie e Pitch-car fora os clássicos Catan e Carcassonne.


A mesa animada do Diamond Club.

Agora vamos as paradas que eu consegui jogar. Logo de cara consegui pegar uma mesa com um jogo que eu tava muito na pilha de conhecer, o Diamonds Club.

No jogo somos negociadores de pedras preciosas cujo objetivo é fazer com que nosso clube de campo seja o mais imponente, para isso temos que construir as coisas mais maneiras (como coretos, jardins suntuosos, viveiros para pássaros raros).

A mecânica do jogo é muito interessante, funciona como um "money-placement", onde as moedas são responsáveis pela execução das ações escolhidas, só que as paradas ficam mais caras conforme você vai alocando suas moedas, e em toda rodada a forma como as ações são distribuidas também muda. Muito bem sacado e diferente do que estamos acostumados a ver.


Os dinos se multiplicando no divertido EVO.

A partida foi bem legal, com todos na mesa se amarrando no jogo. No final vitória do Flávio, comigo em segundo, Filipe em terceiro e Rogério em último.

Depois dessa o Bruno se juntou a nossa mesa e jogamos um EVO. Esse é um grande clássico da época em que eu conheci os jogos europeus e ainda hoje é um jogo que eu gosto muito.

Ele é um jogo do autor do Vinci/Small World e tem alguma semelhança com ele(s). No jogo somos raças de dinossauros que vão ganhando evoluindo genéticamente (ganhando chifres para combater melhor ou pernas para melhor locomoção) e se reproduzindo para ganhar pontos pelo tabuleiro. Mas temos que ficar atentos com as mudanças climáticas, que podem sacrificar os nossos filhotes.


Uma geral da galera se divertindo no Castelo.

A arte (bem cartunesca) e até mesmo o tema fazem com que esse bom jogo passe desapercebido, mas com certeza quem tiver a oportunidade de jogar uma partida de EVO vai descobrir um grande jogo. Nessa o Flávio ganhou, eu e o Rogério dividimos a segunda colocação com o Filipe em terceiro e o Bruno em último.

Com já estava perto do final do evento, rolou uma partida com mesa cheia, do Hoppladi Hopplada!, joguinho divertido de dados. Vitória do Shamou para coroar o anfitrião/organizador do evento.

Nenhum comentário: