Publicidade:

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Qui. 16 - Calabouço das Peças

A muito tempo não faço um report lá do Calabouço aqui no blog, pois tenho escrito direto lá, mas como na sessão de ontem tivemos reports do Fel e do Daniel "Original" decidi fazer o meu por aqui mesmo.

A primeira mesa da noite foi um Nexus Ops com o Arthur e o Cadu. O grande problema dos jogos de conflito com 3 jogadores é dois ficarem se batendo enquanto o outro vai crescendo, foi o que aconteceu mais ou menos. O Cadu veio crescendo pro meu lado e eu revidando, enquanto isso o Arthur ia comprando "Shamou" Leaper e Dragões. No final deu a lógica, Arthur em primeiro, Cadu em segundo e eu em último.


Meus azuis sendo encurralados pelo Arthur e o Cadu.

Depois disso tinha uma mesa de Snow Tails rolando e uma galera na espera, então puxamos um Risco Total que é rapidinho e cabia todo mundo (eu, Cadu, Americano e Carlão).

Foi engraçado ver o Americano usando suas técnicas de póquer no jogo, contando as cartas para ver as probabilidades do que ia sair, e dando "all in" para ficar ricão... se fudeu feio. No final o Carlão levou a melhor, com o Cadu em segundo, eu em terceiro e o Americano em último.


O tabuleiro muito maneiro do Chaos, padrão Fantasy Flight.

Depois disso o Fel abriu uma mesa para me apresentar o Chaos in the Old World. No jogo somos facções religiosas tentando, cada um a seu modo, dominar o "velho mundo".

O jogo é uma mistura de jogo de porrada e controlo de área. Temos pontos de ações a serem usados no nosso turno, que servem para jogar cartas e colocar os cubras no mapa para pontuar. Depois de todos gastarem seus pontos rola uma porrada nos territórios contestados, depois disso pontuamos e então corrompemos o "velho mundo".


Os seguidores do "deus" Tzeench, vencedor no CitOW.

Existem quatro formas do jogo terminar, atrás dos pontos (quem fizer 50 primeiro ganha), gastando as cartas de corrupção, o primeiro jogador a mover seu disco até o final e quando acaba o deck de acontecimentos (nesse caso o jogo acaba sem vencedores).

Na nossa partida tivemos o mesmo problema já citado no Nexus, enquanto o Fel (que era do "deus" da porrada) ficava batendo no Rodrigo, eu aproveitei para fazer meu jogo e girar o meu disco mais rápido que os outros dois. Acabei ganhando com o Rodrigo em segundo e o Fel em terceiro. Bom jogo, merece outras partidas.


O tabuleiro do Kingsburg, jogo bem melhorado com a expansão.

Depois rolou um Kingsburg com expansão. Na mesa tinham só feras do jogo (Arthur, Fel e Renato) e eu praticamente de newbie. Mesmo não fazendo feio nos primeiros 3 anos, nos dois últimos a superioridade tática dos outros jogadores se sobressaiu e o Fel ganhou com uma laaarga vantagem, Arthur em segundo, Renato em terceiro e eu muito longe em último.

Para fechar a noite, duas partidas de futebol de botão com o Arthur. Dessa vez levei meu time e conseguimos jogar marcando o tempo (já que não precisávamos dividir a palheta como semana passada).


O time do Pontiguiba (meu) sofrendo um ataque do Arthur.

Na primeira partida mesmo com muitas bolas na trave, meu zagueiro quase fazendo gol contra e muitos chutes a gol a partida terminou 0x0.

Já na segunda o "pé" dos jogadores entrou na forma e os gols sairam, principalmente para o meu time. Uma partida bem melhor tecnicamente e uma vitória arrasadora, 5x2 (com o Arthur fazendo o segundo já nos acrescimos).

4 comentários:

Jesse James disse...

Falae ae Caca,

Boa jogatina hein....

O Chaos parace ser um jogão mesmo, estou louco para estrear.

Abs

Edu disse...

Grande Cacá,

Pô jogatina com Futebol de Botão é show demais!!!

Janeiro eu devo tirar umas férias, to pensando em passar uma semana aí no Rio.

abs

Cacá disse...

Fala Jesse... o Chaos é legal sim vale a experiência com certeza...

Coés Edu.. pô, vem sim, passa uns dias aqui a gente joga e sai pra tomar chopp e bater papo e dar uma volta pela cidade...

Abraços aos amigos...

Leandro Zombie disse...

Cara,
há séculos que não vejo uma mesa de futebol de botão.