Publicidade:

domingo, 31 de maio de 2009

Mai. 30 - Castelo das Peças

Ontem foi dia de matar a saudade do Castelo (já não aparecia a duas edições), e como tem sido uma tônica, mais de 60 pessoas passaram pelas duas salas do SESC.

Vale destacar antes de mais nada a participação do pessoal que foi na campanha SESC/Castelo para arrecadação de leite em pó para um projeto que o SESC tem com o Banco Rio de Alimentos, muito bem a galera que colaborou.


As arrecadações para o Banco Rio de Alimentos.

Agora passemos aos jogos, quando cheguei por lá já havia uma mesa arrumada de Age of Conan, mas como ela tinha sido pré-agendada ainda estavam esperando os jogadores todos chegarem, resultado, uma partidinha rápida de Sorry! Sliders.

Depois disso joguei a primeira novidade do dia, o card-game politicamente incorreto Pimp: The Backhanding. Nesse jogo somos uma equipe de cafetões com o intuito de arrumar as melhores "damas" para o nosso plantel e é claro, acabar com a concorrência na base da porrada.


As "primas" sendo disputadas no Pimp.

O jogo divide-se em duas fase, a primeira mandamos os nossos cafetões usarem a lábia para tentar convencer as "primas", se a concorrência for na mesma rolam-se um dado, soma-se ao número do cafetão e quem tiver o maior leva.

Já na segunda fase, quem conseguiu suas "meninas" tenta defender elas do ataque dos outros cafetões enquanto você tenta da mesma forma detonar as "colegas" dos outros. Depois de 3 rodadas somam-se os valores das "princesinhas" e quem conseguir mais grana ganha.

Filler muito divertido com margem para muitas piadas, na mesa estávamos eu, Shamou, Antônio Marcelo e Flávio e eu acabei levando o título de "pimp of the day".


Quem consegue ficar longe da mesa do Sliders?

Depois desse o Fel chegou com "O" jogo que eu queria estrear, o Small World. Jogamos algumas partidinhas de Sorry! Sliders para esquentar e fechamos uma mesa comigo, Fel e Shamou.

A mecânica do jogo é super simples, você começa elegendo uma raça para controlar, de acordo com os valores dela somado ao poder especial que vem junto usamos uma quantidade de tokens para começar a nos espalhar pelo tabuleiro.

O combate é super simples também, cada terreno custa 2 para ser invadido mais o número de tokens que alí estiver e alguns alteradores (como as montanhas ou fortificações), para invadir você precisa ter exatamente o número de tokens necessários e só. Depois de ter gasto todos os tokens possíveis você remaneja da forma que quiser, ganha um ponto para cada território ocupado por uma raça sua (mais modificadores se houverem) e passa ao próximo jogador, no final de 10 rodadas quem tiver mais pontos ganha, simples assim.


Mapa para três no Small World.

O grande barato é que você pode declarar uma raça em declínio para pegar outra, mas por que você faria isso? Por que dessa forma você tem duas raças pontuando e com poderes diferentes. E o que a gente percebeu é que saber o momento de abandonar uma raça é uma das grandes sacadas do jogo.

Outra coisa muito legal é a variedade de raças e poderes que fazem com que o jogo tenha uma rejogabilidade imensa e torne as suas táticas bem diferentes a cada partida. Na nossa eu comecei bem com os Orcs mas dei mole e me espalhei demais, enquanto o Shamou pegou os humanos de colocando bem no mapa e o Fel começou com os Ghouls mas abriu mão deles logo de cara (pois eles podem continuar expandindo mesmo em declínio). No final, uma vitória apertada do Fel com 86, eu cheguei em segundo com 84 e o Shamou em terceiro com 81.

Depois disso fomos comer qualquer coisa e papear, na volta eu, Rogério, Fel, Fábio e Lúcio abrimos uma mesa com o Confucius.

Nesse jogo somos famílias durante a Dinastia Ming tentando conseguir mais poder na política para com isso alavancar conquistas de outras terras.


O tabuleiro "confuso" do Confucius.

O jogo tem uma mecânica de escolha de ações muito interessante e confusa (fazendo jus ao nome, hehehheh) e além disso tem um sistema de presentes que você dá aos outros jogadores que é muito legal. A cada presente dado a um adversário esse fica compromissado com você na hora das votações dos ministérios, sendo obrigado a votar à seu favor caso haja necessidade.

Existem também duas áreas de conquistas terrestres (três territórios possíveis) e marítimas (cinco territórios) que você também pode usufruir para ganhar os parcos pontos de vitória do jogo.

Nossa partida era "learning" para todos, então ninguém sabia muito o que estava fazendo, o Lúcio atacou de estratégia marítima, o Fábio foi de "senhor da guerra", o Fel e o Rogério fizeram de tudo um pouco e eu ataquei de "não sei o que fazendo aqui".


E como sempre, a galera presente e animada no evento.

O grande problema do jogo, é que na última rodada já sabíamos de antemão quem iria ganhar (o Fel) e ninguém podia fazer nada à respeito, pois você não tem muitas opções quando as coisas já estão definidas, e isso eu achei bem fraco no jogo. Final Fel em primeiro ganhando no desempate do Rogério, Lúcio em terceiro, Fábio em quarto um ponto na minha frente.

Para finalizar ainda rolou uma partidinha de Ziegen Kriegen para fechar a tarde super produtiva de Castelo.

7 comentários:

Fel disse...

É Cacá, o Small World é excelente mesmo!

Eu tava lendo uma review do Confucius, parece que o jogo fica mais interessante com a "regra avançada" que o Rogério achou melhor não acrescentar logo de cara.

(E segundo os caras é melhor mesmo não botar).

Agora você devia ter exaltado sua acachapante vitória no Ziegen Kriegen :p

E os Ghouls eu acho que mosquei de não dar declínio logo na 2a rodada!

Abrax,

Fel

Fabio disse...

Senhor da Guerra nunca mais !!!

O Sliders é até interessante, mas como estou louco por aprender a cada dia jogos mais densos não deu pra perder muito tempo nele !

Smallwords já sei que vão chegar sapecando os Newbies no calabouço né !!! Sai de baixo !!!

Fiquei muito afim de jogar 2 jogos que vi por lá, o Last day in earth e o Pandemic, se não me engano 2 cooperativos né ?

Beijundas !!!odcr

mundo lúdico disse...

Olá Cacá, sou Tendson Artur, de Parnamirim-RN, sei que o asunto que vou falar abaixo é off topic, mas é que não soube como fazê-lo diferente.

Estamos organizando aqui em Natal/RN, o 2ª Amostra Lúdica Potiguar - que será nos dias 27 e 28 de junho de 2009, no Norte Shopping - Shopping da Zona Norte da Cidade.
O evento terá:
- Amostra da coleção de Boardgames
- Mesas para se aprender a jogar os diversos jogos
- Mesas com RPG
- Mesas com Wargames

Estamo ainda vendo a possibilidadede alguns patrocínios.
Aceitamos dicas e sugestões.

Cacá disse...

FEL: Sei lá se o Confucius fica mais interessante, só sei que o meu interesse por ele diminuiu... =)

No Ziegen eu só devolvi o "um ponto de diferença" do Fábio, hHAHhahAHa..

FÁBIO: o Pandemic eu não conheço, mas o Last Night on Earth é muito maneiro, volta e meia o Cadu II leva ele no Calabouço e sempre rola no Castelo...

TENDSON: Fala rapaz, anda sumido.. Já coloquei seu evento no calendário, gostei muito da estrutura dele, pena que moramos num país tão grande, se não consigo ir a SP com frequencia que dirá Natal (tenho pelo menos uns 2 "irmãos" morando aí)...

Sucesso no evento, depois quero ver fotos... :D

Carlos Abrunhosa disse...

Parabéns pela iniciativa dos alimentos! Deram-me uma grande ideia para a próxima edição da Ria Con 2010!

Leandro Zombie disse...

O PIMP é realmente muito engraçado. Tive a oportunidade de jogá-lo duas vezes no Castelo, sendo que na primeira fui um cafetão liso: terminei sem nenhuma menina.

O SMALLWORLD não consegui jogar no Castelo, mas consegui fazê-lo no domingo. Excelente. E me lembra muito o HEROES OF THE MIGHT AND MAGIC, por conta do grande número de raças e da temática.

Cacá disse...

Grande Carlos... As boas idéias com certeza devem ser copiadas, ainda mais se elas visam ajudar ao próximo...

Fala Leandro... o Small World é divertido mesmo, fiquei doido com ele, já estou imprimindo umas raças novas para levar ao Calabouço na quinta...

Abraços a todos...