Publicidade:

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Session Report : Jul. 04 - Calabouço das Peças

Essa semana teve mais Calabouço, e poderiamos dizer que foi uma "Kramer Night".


Acervo do Calabouço, tá ficando bom.

Cheguei relativamente tarde, já eram mais de 21:00h, e já tinha uma galera jogando o Container, como o Bouzada também estava de bobeira começamos a noite com um Tikal para 2.


Partida do Container.

Ele o primeiro jogo da "Trilogia das Máscaras", dos outros eu já tinha jogado o Mexica e não tinha gostado muito. Mas o Tikal é apaixonante, a cada partida você aprende o momento certo de fazer as jogadas.

Um pouco sobre o jogo, nele somos exploradores descobrindo tesouros e templos. Como funciona a mecânica, no caso jogamos a versão com leilão, nessa regra abrimos dois tiles e fazemos as ofertas usando os pontos que temos. Depois que você pegar o tile coloca ele no tabuleiro e aí começa a sua ação, cada jogador tem 10 pontos de ação, e pode fazer uma série de coisas com eles (colocar exploradores no tabuleiro, andar com os exploradores, colocar vigia nos templos, trocar tesouros, entre outras).


Partida do Tikal ainda no esquentando.

A partida, como era de se esperar, foi um passeio do Bouzada, mas nem por isso foi um jogo chato, tentei fazer o máximo de pontos que dava e tentei ser um adversário competitivo.

Depois disso dividimos a galera, um povo foi jogar O Jogo do Guia dos Curiosos, e eu, Bouzada, e dois Andrés fomos jogar El Grande.

Esse jogo dispensa comentários, e continua a ser o meu Top 1 (hehehhehe), a partida foi muito boa e a diferença final não foi muito grande, ganhei mas foi apertado.


El Grande logo depois pra primeira pontuação.

Para a segunda partida de El Grande da noite resolvemos estrear uma das expansões e escolhemos o Grandíssimo.

Nessa temos de novidade mais duas pilhas de cartas, um inquisitor (e seus asseclas), a rainha, o bobo-da-corte, a cadeia, Portugal e o navio. Muita coisa nova? Sim, e você fica meio sem saber usar as vantagens novas e quando percebe o quão boas elas são o jogo já tá do meio pro final.

Vou tentar fazer um apanhado das novidades: os decks e Portugal são basicamente as mesmas paradas do que o jogo original, o navio serve para você colocar seus carinhas da corte e depois colocá-los nos territórios costeiros. A Rainha e o Bobo servem para colocar mais pecinhas no tabuleiro a cadeia pra prender carinha dos outros. O único que não deu muito bem pra ver a sua ulidade a longo prazo foi o Inquisitor, que só apareceu na última rodada.

Dessa vez o jogo ficou disputado lá na frente pelo André Fel (que foi o vencedor), André II e Bouzada, o Arthur ainda conseguiu chegar junto, mas eu tive uma campanha ridícula e fui o único que não virou os 100 pontos.

6 comentários:

Formiga disse...

Tikal muito bom... estou esperando a Ceilikan lançar para compra o meu...
El Grande tambem muito bom... Container ainda não conheço...

Carlos Abrunhosa disse...

Boas Cacá!
El Grande é de um amigo meu e só joguei uma vez. Gostei mas já nem me lembro como se joga! Curioso ser o teu jogo de eleição! Boa escolha. :)

Abraço
Carlos

Cacá disse...

Fala Formiga... o Container é bacana, mas meio maluco, precisa de uma 2 ou 3 partidas pra começar a traçar estratégias de vitória boas e tals... Mas é um jogo que você dá essas 3 chances.. ehhehheehehe

Fala Carlos... Realmente o El Grande pra mim é inigualável, sempre gosto de jogá-lo, e é um dos poucos jogos pesados que dá vontade de jogar mais de uma vez seguida... Só tenho entrado nessa pilha atualmente com o Agricola... :)

Formiga disse...

El Grande tá no meu top 10 mas o único ponto que faço uma observação é nas ações. Prefiro jogos que sempre repitam as ações... isso torna o jogo mais estrategico. No caso do El Grande as ações, apesar de sem as mesmas, sempre são reveladas diferentemente a cada partida e isso cria nescessidade de se jogar várias partidas para que os jogadores entendam suas estrategias e dos outros jogadores.
Caca,
O mais impressionante é que foi a primeira vez que ele jogou Factory Fun. A fábrica tava bem bonita suprimento amarelo de um lado.. vermelho de outro... produto final de outro... hehehe... sorte de principiante... Abraços...

Fabrício Mazzola disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabrício Mazzola disse...

Carlos, vi em um outro blog que tu havia feito a tradução das cartas do El Grande. Acessei o link e não consegui baixar os arquivos. Tu tens os arquivos para disponibilizar?