Publicidade:

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Session Report : Mai. 15 - Calabouço das Peças

De volta ao Calabouço depois de um tempo longe, jogos novos pra estrear e secura pra jogar. Logo de cara percebo uma mudança super positiva, a ludoteca agora tá bombada com as aquisições do amigo André Felipe e o ventilador na parede funcionando benzão.

Chegando lá já tinha uma mesa com Bouzada, André Felipe, Guilherme e Victor começando a explicação do Brass, como a capacidade do jogo estava cheia fiquei na de fora com o Arthur.

Assim que chegou o Carlos jogamos um filler do Knizia, o Escalation!. Ele é um jogo de cartas que tem a numeração de 1 a 13, o seu objetivo e terminar com o bolo menor de cartas, para isso você vai baixando seus números, sempre maiores que o seu antecessor, você pode somar números, desde que sejam iguais os valores. Bacaninha, um bom jogo pra apresentar pra mulecada também. Nesse meio tempo chegaram mais dois André's, jogamos os 5 mais duas partidas do Escalation! e resolvemos partir para outro menos filler.


Foto da capa do Escalation! Fonte BGG.

Atacamos de Mall of Horror, esse é um jogo divertido e cheio de cubreagens. Nele você tem que sobreviver dentro de um shopping que esta sendo infestado de zumbis, para isso temos as lojas para nos proteger, só que em toda rodada temos que ficar andando pelo shopping e sempre chegam mais zumbis.


Foto Ilustrativa do Mall of Horror. Minha versão caseira dele.

Caso eles consigam entrar na loja onde estão os sobreviventes rola uma votação para saber que vai servir de "boi-de-piranha" para os zumbis comerem e irem embora. Diversão garantida, ficamos um marcando o time do outro quando percebemos o Carlos ganhou a partida.

Depois partimos para a estreia de um dos jogos que eu levei, o Taluva. E foi uma grata surpresa, o jogo lembra a mecânica do Carcassonne, tipo coloca tile e coloca peça, aí começam as diferenças.

Cada tile tem 3 desenhos, dois terrenos e um vulcão, você pode ir colocando os tiles no mesmo nível, ou empilhando criando outros níveis no tabuleiro, podendo inclusive soterrar as cabanas do nível inferior. Já as pecinhas temos 3 tipos, cabanas, templos e torres e você tem uma série de regras para as colocações delas.


Foto Ilustrativa do Taluva. Fonte BGG.

Quando todos os tiles forem colocados, ganha quem tiver colocado mais templos (desmpatando em torres e depois em cabanas) ou então que finalizar primeiro dois tipos de construção. O jogo é bem bacana, acabamos jogando duas vezes, eu ganhei uma e o André outra.

Nessa hora a mesa do Brass finalmente terminou, dividimos os grupos, uma galera foi pro Taluva e eu, Arthur, Fel e André jogamos Catan. Boa partida, mas demorou mais do que esperávamos, o sono já tava batendo legal. Ensinei pra eles que negociação no Catan vai muito além de "dois trigos por uma ovelha". Acabei ganhando e matando a vontade de jogar um dos jogos que eu mais gosto.


Foto Ilustrativa do Catan. Fonte BGG.

Foi uma noite bem agradável, jogamos até quase 3 da manhã e com certeza voltarei a aparecer mais vezes. Fica aqui meu agradecimento ao pessoal do cigarro que também pegou leve e essa era uma implicância que eu tinha com o Calabouço e que agora já não tenho razão pra reclamar.

5 comentários:

Guilherme Rodrigues disse...

Só não vale rogério edition de Taluva!!! heuehue

Cacá disse...

Hahahahahahha... verdade... mas como o Bouzada falou sobre o Brass, 90% das regras estavam certas....

Formiga disse...

valeu... o seu 'e bacana tb... muito legal essas "sessions report". Eu comecei tentando colocar uns reviews mas o tempo nao pemitiu colocar mais... agora coloco somente as jogatinas que participo... quando terminar meu mestrado vou levar mais a serio os reviews... agora ta quase um diario de jogos... em agosto quero passar um fds no Rio para conhecer o Castelo das Pecas... falow

Warny disse...

Faltou a menção ao San Juan hehe

Cacá disse...

Fala Warny, esse foi o report do outro Calabouço... o do feriado eu ainda não fiz... ahahahahhaha