Publicidade:

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Session Report : Dez. 19 - Minha casa

Hoje aproveitei meu recesso de fim de ano e chamei os amigos para uma jogatina, a princípio seria para jogar apenas o Age of Steam, mas rolou também um El Grande.

Agora vamos as partidas. Começamos com um Age of Steam com 3 jogadores (eu, Bouzada e Guilherme), usamos a expansão da Alemanha, que além de ter um mapa diferente, tem alguns diferenciais na regra.

Primeiro temos umas cidades na borda do mapa que funcionam como portos e não tem cor definida, durante o setup se sorteia a cor que elas vão receber produtos durante o jogo (ao contrário das cidades normais, essas não produzem bens nenhum). Outra diferença é no papel do Engenheiro, ele agora ao invés de construir 4 trechos de ferrovia, pode reduzir pela metade o custo de um dos 3 a serem construídos. Finalmente, como as cidades são muito próximas entre sí, os trechos não podem ser deixados em aberto, tem que começar num ponto e ir até o seu destino.


Bouzada (amarelo), Cacá (azul) e Guilherme (branco)

Explicado tudo isso, começamos a partida, eu e o Bouzada já tínhamos jogado outras vezes, por isso estávamos mais tranquilos no que íamos fazer durante o jogo. O Guilherme começou meio perdido nas ações, mas logo já estava entendendo o que se passava e fez uma boa partida.

Ficamos com a impressão de que o jogo com 3 perde um pouco da graça, pois os momentos de desespero pela falta de dinheiro, por não conseguir entregar bens, quase não acontecem, como também em nenhum momento houve reposição de bens na tabela, o que com 5 ou 6 geralmente acontece.

Eu como estava dividido entre pensar no jogo e cuidar do Arthur, fiz uma partida fraca, e acabei em último lugar. Como era de se esperar o Bouzada ganhou disparado, com o Guilherme em segundo.

Durante a partida chegou o Flávio (que trouxe o meu Factory Fun) com a esposa e mais tarde o Antônio Marcelo. Assim que terminamos a partida do Age, os 5 rapazes começaram uma emocionante partida de El Grande.

Dos 5 na mesa, apenas eu e o Bouzada já havíamos jogado ele, mas esse é um jogo tranquilo de aprender e você já sabe o que tem que fazer rápido.

Logo de cara o Flávio deu uma arrancada de mais de 20 pontos, coisa que faz com que os outros fiquem na cola, mas que no final foi crucial para a vitória dele.


Antônio (vermelho), Cacá (azul), Flávio (marrom),
Bouzada (verde) e Guilherme (amarelo)


Foi uma partida bem disputada, e até a última contagem de pontos não dava pra chutar quem ganharia. A diferença final foi bem pouca e ficou com o Flávio ganhando seguido do Bouzada, eu, Antônio e mais distanciado o Guilherme.

Definitivamente, é um dos melhores jogos modernos, e pra 5 pessoas ele é perfeito, fico até receoso de jogar alguma das expansões (até agora só joguei uma e gostei mais ou menos) e acabar estragando o jogo.

Jogamos de 15:00 às 21:30, e só não estendemos mais por que já era hora do neném dormir, aí não dá pra ficar fazendo barulho.

Nenhum comentário: